09062016-onibus-acidente
Taba Benedicto/Folhapress

Uma fita amarela e preta isolava amigos e parentes do ônibus tombado e dos 15 corpos das vítimas colocados ao lado da pista do km 84 da rodovia Mogi-Bertioga, na madrugada desta quinta-feira (9).

Um ônibus que fazia o fretamento para estudantes universitários tombou por volta das 23h20 desta quarta (8) na rodovia, deixando 15 mortos no local, entre eles o motorista. A 16ª vítima foi levada ao pronto-socorro de Bertioga, onde morreu.

Na manhã desta quinta-feira (09), o hospital confirmou a morte de mais duas jovens, chegando a 18 vítimas.

Continua após a publicidade

Outras 22 pessoas ficaram feridas e foram levadas a hospitais da região. Quatro delas estão internadas em estado grave.

O estudante de administração Luan Silva, 21, que mora em Mogi das Cruzes, disse que ao saber do acidente correu ao local. “Tinha uns sete amigos neste ônibus, estou esperando a lista das vítimas”, disse.

O grupo voltava de universidades na cidade de Mogi das Cruzes, sentido São Sebastião, no litoral norte de São Paulo, quando o motorista perdeu o controle da direção em um trecho de curva.

O ônibus tombou e foi se arrastando até cair em um vala ao lado da pista e bater contra uma imensa pedra. O veículo ficou totalmente destruído, pedaços e objetos dos estudantes ficaram espalhados pela pista.

“É uma praça de guerra, ainda não dá para falar o que provocou o acidente”, disse Fábio Pierri, delegado assistente de Bertioga.

“Tanto é perigoso lá [local do acidente com o ônibus] que, enquanto atendíamos a ocorrência, aconteceu outro acidente, um caminhão perdeu o freio. Praticamente achatou uma viatura dos bombeiros, mas por sorte não havia nenhum soldado lá”, completou Pierri, em entrevista à rádio CBN.

Por volta das 3h30, um caminhão atingiu um veículo da Dersa e só parou após prensar um carro dos Bombeiros em um caminhão da corporação. A reportagem constatou que não havia nenhum bloqueio próximo ao local do acidente, alertando quem vinha pela rodovia no sentido litoral. O motorista do caminhão afirmou ter perdido o freio. Ninguém ficou ferido.

ÔNIBUS

O veículo, que pertence à empresa União do Litoral, é um dos seis que a Prefeitura de São Sebastião disponibiliza diariamente para levar e trazer moradores da cidade que estudam em universidades de Mogi das Cruzes. A cidade recebe estudantes de vários locais devido às duas universidades e duas faculdades.

O ônibus envolvido no acidente transportava estudantes que moravam entre os bairros Barra do Sahy e Boraceia, segundo a prefeitura.

Até as 7h desta quinta, os nomes das vítimas ainda não tinham sido identificados e os nomes divulgados pela prefeitura.

Ao menos 17 equipes do Corpo de Bombeiros e 57 homens trabalharam durante toda a madrugada no socorro a feridos, retirada dos corpos e destombamento do ônibus.

Durante o trabalho dos Bombeiros, o tráfego foi bloqueado nos dois sentidos no trecho do acidente. A rodovia foi liberada por volta das 7h desta quinta.


Comments are closed.