Namorado é suspeito de matar jovem de 20 anos em Patos de Minas

Fabiana estudava para vestibular e participou do Concurso da Rainha do Milho 2016 (Foto:Fábio Pereira/Arquivo Pessoal)
Fabiana estudava para vestibular e participou do
Concurso da Rainha do Milho 2016
(Foto:Fábio Pereira/Arquivo Pessoal)

PATOS DE MINAS – O corpo da estudante encontrada morta com sinais de violência em Patos de Minas foi enterrado na tarde desta quarta-feira (6) de julho no Cemitério Parque da Esperança. Uma vizinha da família disseque todos estão muito abalados. “Estamos transtornados. A Fabiana era muito doce, uma menina muito boa. O caso assustou e comoveu a cidade. No enterro compareceram mais de 500 pessoas. Todos de alguma forma tentando dar apoio para amigos e parentes”, lamentou Madalena de Fátima Gonçalves.

Fabiana dos Reis Gonçalves Barbosa, de 20 anos, desapareceu quando ia para o cursinho onde estudava para vestibulares. De acordo com a Polícia Militar (PM), o corpo foi localizado perto do Rio Paranaíba na comunidade rural Porto das Posses, dentro de uma mata. Ele estava coberto por folhas de bambu, com sinais de enforcamento e com um casaco amarrado no pescoço. Este ano a garota chegou a participar do Concurso Nacional da Rainha do Milho – importante evento da cidade. Nesta quarta-feira, a polícia repassou um bilhete, possivelmente escrito pelo ex-namorado, Hugo Franciel Borges Soares, de 26 anos, que é o principal suspeito de matá-la. No papel rasgado estava escrito “sei que ainda rola um sentimento”.

Enterro
Durante o velório foi realizada uma missa de corpo presente na Paróquia Nossa Senhora do Rosário.

Em homenagem à jovem foram colocadas rosas brancas sobre a sepultura.

Suspeito foragido
De acordo com o delegado da Polícia Civil, Luís Mauro Sampaio, o principal suspeito do crime é o ex-namorado. Ele disse que a Justiça já concedeu o mandado de prisão de Hugo Franciel Borges e que ele está foragido.

O irmão da jovem, Fábio Pereira, contou que Fabiana namorou o rapaz por mais de um ano e que ele não aceitava o fim do relacionamento. “Minha irmã não queria mais a relação, mas ele não aceitava o fim. Se estivesse em alguma festa que ela estava ele começava a chorar, dar trabalho. Antes de sumir ela ligou pra minha mãe e pediu para ligar para polícia, logo minha mãe ouviu uma voz masculina e a ligação caiu”, disse.

Bilhete 
Um bilhete, possivelmente escrito por Hugo Franciel foi encontrado próximo ao corpo. Entre outras palavras, no papel rasgado estava escrito “sei que ainda rola um sentimento”. O bilhete estava a cerca de cinco metros do corpo e foi localizado pela perícia da Polícia Civil.

07072016-jovem-morta-patos-de-minas-bilheteAmeaça no WhatsApp
Na descrição do perfil do WhatsApp do rapaz havia uma mensagem com uma suposta ameaça: “Todos que me fizeram chorar… irão chorar agora”.

A foto do perfil do ex-namorado da vítima era uma tatuagem feita nele, com o nome Fabiana. De acordo com a polícia, o jovem acessou a rede social dele e da menina por volta de 12h21 do mesmo dia do crime e, após isso, os dois celulares foram desligados.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Dupla presa em telhado após roubo de carro e perseguição em Uberaba

Pastora diz que marido é pedófilo e homossexual; veja vídeo