Documentos da história de Capinópolis são pesquisados pelo setor de Patrimônio Cultural

08072016-documentos-historia-capinopolis

CAPINÓPOLIS, TRIÂNGULO MINEIRO – O Setor de Patrimônio Cultural, lotado na Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Capinópolis, iniciou um trabalho de pesquisa no arquivo público municipal, onde estão guardados importantes documentos do início da emancipação do município, ou seja, de 1954. São vários documentos como correspondências, ofícios, leis e decretos, etc., que estão ali guardados e que registram a história do município.

Há inclusive correspondências da Câmara Municipal de Ituiutaba, se pronunciando contrária à emancipação de Capinópolis.

São vários documentos, que podem servir à pesquisa histórica do município e, por isso, merecem toda atenção e preservação. O arquivo é um dos locais de memória do município.

O arquivo público com a documentação mais antiga da cidade encontra-se na Avenida 99 nº 398, no Almoxarifado Municipal, sob a direção de Edson Gonçalves Siqueira, que está apoiando esta ação da administração municipal de preservação e proteção do arquivo.

A secretária municipal de Educação e Cultura está planejando uma ação para a proteção dos arquivos públicos municipais, contando com o apoio da Equipe Técnica composta pelo historiador Cláudio Scarparo e a pedagoga Zoraine Vilarinho.

Segundo a secretária, o arquivo é um bem cultural que merece ter uma atenção especial, e a prefeita do município tem tido toda uma preocupação em preservar o patrimônio cultural da cidade.

O Conselho Municipal do Patrimônio Cultural da cidade também está preocupado com a situação dos arquivos municipais e espera fazer uma visita em breve nestes bens culturais.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mulher de Eduardo Cunha vira ‘a loira do Trust’ no ‘Zorra Total’

Cães e gatos da zona rural de Capinópolis recebem vacina antirrábica