Mulher é presa após furtar feijão de supermercado em Patos de Minas

10072016-feijao2Nos supermercados, ele tem sido o assunto principal dos consumidores. Agora, até os assaltantes estão de olho no feijão, que está com o preço nas alturas. Nesta quarta-feira (6), em Patos de Minas, na região do Alto Paranaíba, uma mulher, de 33 anos, foi detida após furtar seis pacotes do produto.

Segundo a Polícia Militar (PM), ao ser flagrada por funcionários de um supermercado no bairro Caiçaras, a suspeita alegou deficiência mental, mas admitiu que tinha roubado o produto porque ele estava com o preço “muito caro”. A mulher apresentou aos militares atestados de um série de doenças mentais, dentre elas cleptomania, conhecida como “doença do furto”.

A mãe da mulher foi intimada e precisou acompanhar os procedimentos em uma delegacia da cidade. Ela afirmou, de acordo com a PM, que a filha costuma cometer pequenos furtos, sempre de produtos alimentícios. Mãe e filha assinaram um termo circunstanciado de ocorrência (TCO) e foram liberadas.

Salgado

Como no resto do Brasil, o preço do feijão vem subindo consideravelmente desde o mês passado.

Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), em Patos de Minas, o produto encareceu cerca de 50% entre um mês e outro. Nos supermercados da cidade, em média, o quilograma do feijão vem sendo vendido ao preço R$ 12.

O tempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pastor acusado de abuso sexual deixa a cadeia

Assaltante morre após bater táxi roubado em Uberaba