Vigia de posto é assassinado com sete facadas em Uberlândia

Um homem de 32 anos foi assassinado, na madrugada desta segunda-feira (18), em um posto de gasolina, no bairro Osvaldo Rezende, setor central de Uberlândia. Gustavo Patressi Alves trabalhava como vigia do estabelecimento, quando foi esfaqueado por um homem e não resistiu. Após o crime, o suspeito fugiu e ainda não foi encontrado.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o homicídio aconteceu às 2h20 desta segunda-feira. Testemunhas relataram aos militares que o suspeito teria chegado ao posto em uma motocicleta vermelha. Ele teria descido rapidamente do veículo e se deslocado até a cozinha do estabelecimento, onde a vítima estava.

Ao todo, o suspeito deferiu sete facadas no corpo de Alves. Três golpes acertaram o tórax da vítima e outras quatro perfurações foram constatadas em sua perda esquerda. Após o crime, o homem fugiu na motocicleta. A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada ao Pronto-Socorro do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (PS-UFU), mas não resistiu às perfurações.

A PM ainda não localizou quem teria cometido o assassinato. As motivações do crime ainda estão sendo estudadas, uma vez que a vítima não tinha passagens pelo Sistema Prisional. Suspeita-se que havia uma briga antiga entre os envolvidos. As testemunhas disseram que o suspeito era um conhecido de Alves e que já tinha ido ao posto, em outras oportunidades, conversar com a vítima.

Ainda de acordo com as testemunhas, o suspeito é magro, branco, de altura mediana, olhos esverdeados e cabelos escuros. O caso será entregue à Polícia Civil (PC) para investigações detalhadas.

Correio de Uberlândia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PM recupera produtos furtados em Ituiutaba

Dívida de diretor da Fiesp com a União é de R$ 6,9 bilhões