O bebê que foi supostamente sequestrado na noite da última sexta-feira (5), em uma casa no Bairro Ipanema, em Uberlândia, ainda não foi encontrado pela Polícia.

Conforme publicado anteriormente, com base em informações da Polícia Militar (PM), criminosos renderam a mãe, o avô e a irmã da vítima e fugiram levando a criança, que segundo informações da polícia tem menos de um ano de idade. Segundo a PM, a mãe não demonstrou nenhuma emoção após o ocorrido e isso pode ter levantado as suspeitas.

Ainda de acordo com a PM, a mãe do bebê, que tem 38 anos, informou aos militares que um homem e uma mulher chegaram em uma motocicleta e entraram na casa armados. Os autores obrigaram os familiares da vítima a entrarem em um dos quartos, onde foram trancados. Em seguida, os criminosos pegaram a criança e fugiram com ela.

Continua após a publicidade

O avô do bebê disse aos militares que a filha dele, mãe da criança, é usuária de drogas há cerca de 20 anos e além disso, quando estava grávida da criança dizia que o venderia assim que ele nascesse.

Testemunhas informaram à PM que a criança vivia em situação de abandono pela mãe, e ela era cuidada pelos avós e pela irmã mais velha, de 16 anos.

Investigações serão feitas para descobrir se realmente houve um sequestro ou se tudo foi uma simulação, depois da mãe, possivelmente, ter vendido a criança aos autores. Até o fechamento desta matéria, tanto o bebê quanto o casal que o levou não haviam sido localizados.

A Polícia Civil informou que o caso será repassado à Delegacia da Criança e do Adolescente e que as investigações devem ser iniciadas na segunda-feira (8).


Comments are closed.