Sociedade Brasileira de Dermatologia alerta sobre cuidados que os homens devem ter com o rosto e com a barba
Sociedade Brasileira de Dermatologia alerta sobre cuidados que os homens devem ter com o rosto e com a barba

A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) alerta que os cuidados são necessários, pois a pele do homem possui mais glândulas sebáceas, tornando-a mais oleosa que a pele da mulher. Segundo a SBD, é fundamental uma limpeza com sabonetes que contenham ácido salicílico, ácido glicólico e enxofre. Também é recomendado o uso de protetor solar gel ou gel creme que sejam livres de óleo.

Cuidados com a barba

Os barbudos precisam ter um cuidado especial. A SBD explica que para evitar a proliferação de bactérias é preciso lavar a barba com xampu e passar condicionador diariamente. Dessa forma, a pele que está debaixo do pelos não fica tão ressecada. Depois de lavar, aproveite que a barba estará úmida e desembarace os fios com um pente.
O secador pode ser usado, mas a SBD alerta que a temperatura do aparelho deve estar de morna para fria e o bucal, direcionado para baixo. Assim, você evita de queimar os lábios e o rosto.

Continua após a publicidade

Cuidados para quem não tem barba

Para os homens que não gostam de barba é preciso raspar os fios praticamente todos os dias. Além de lavar o rosto, a SBD indica que é importante usar produtos leves, que não causem obstrução dos poros. Hidratantes e pós-barba são recomendados nesse caso.
Escolher uma lâmina boa também faz a diferença. “Os cuidados com a barba incluem utilizar uma lâmina de barbear nova, sempre passar o aparelho no sentido do pelo e, de preferência, usar uma loção antes e pós-barba para evitar irritações e infecções”, explica a dermatologista, Paula Chicralla.

Alergia

Caso apresente algum sintoma alérgico, é preciso consultar um profissional para descobrir a causa do problema. “Se houver alergia a produtos de barbear, é preciso procurar um dermatologista. Por exemplo, uma foliculite de barba, que é uma condição muito comum em homens morenos, costuma ser tratada com depilação a laser na região, já que se trata de uma condição genética”, alerta a Paula.

Fonte: Deles – iG


Comments are closed.