Mulher sofre estupro coletivo em Uberaba após ser assaltada por 6 homens

Dois suspeitos, sendo um de participar diretamente do crime e outro de ter recebido os produtos do roubo, foram presos
Dois suspeitos, sendo um de participar diretamente do crime e outro de ter recebido os produtos do roubo, foram presos

UBERABA, TRIÂNGULO MINEIRO – Técnica de planejamento foi vítima de roubo e estupro coletivo, na madrugada de quarta-feira (31), em imóvel abandonado do bairro Estados Unidos. Três homens participaram do crime e outros três participaram do roubo na residência da vítima. Dois autores, entre eles um menor, foram detidos.

De acordo com o Registro de Eventos de Defesa Social (Reds), por volta de 4h30, a técnica de planejamento de 32 anos, seguia pela rua Madre Maria José em seu Fiat Palio Adventure, de cor prata, placas de Ituiutaba (MG), quando, nas proximidades do Mercado Municipal, foi abordada por seis homens, um deles portando arma de fogo, aparentemente pistola. A vítima foi obrigada a parar, momento em que três autores embarcaram e ordenaram que ela “circulasse” rumo ao bairro abadia.

No trajeto, os bandidos exigiram que ela se dirigisse à sua residência, onde roubaram uma TV de 40 polegadas, aparelhos celulares e um notebook. Em seguida, autores e vítima retornaram ao bairro Abadia, onde repassaram os produtos do roubo a um tal “Sorriso”, recebendo em troca drogas e dinheiro. Posteriormente, levaram a vítima até uma casa abandonada e utilizada por usuários de entorpecentes, no bairro Estados Unidos, onde ela teria sido estuprada por três homens, mediante ameaças de morte.

Conforme o registro policial, após o estupro coletivo, os autores obrigaram a vítima a dirigir até a avenida Oswaldo Cruz, via onde dois autores desembarcaram. Um terceiro autor foi deixado na praça Carlos Gomes, local onde o criminoso teria embarcado em um mototáxi. Enquanto seguia para sua residência, ela percebeu que os autores deixaram a arma em seu carro, constatando ser uma réplica de pistola. Após dar notícia do crime, a vítima foi encaminhada ao pronto-socorro do Hospital de Clínicas, passando por procedimentos de praxe. De lá, seguiu ao IML, onde realizou exame de corpo de delito.

Mediante as informações, guarnições militares empenhadas na ocorrência seguiram para a tal residência abandonada, no bairro Estados Unidos. No endereço, um suspeito tentou fugir pelo quintal do imóvel, sendo o menor de 17 anos perseguido e contido pelos integrantes da guarnição Gepmor. Ao ser apresentado à vítima, ela o reconheceu como um dos autores do roubo e também do estupro, na companhia de outros dois comparsas.

Em diligência a uma residência da rua Barão da Ponte Alta, os militares encontraram R.A.M.P., 35, vulgo “Sorriso”. Questionado, ele alegou que teria repassado os materiais roubados a um homem, proprietário de um VW Gol, de cor branca, residente na rua Edson Quirino, nas proximidades de um bar. Segundo “Sorriso”, vendeu a TV e celulares pela quantia de R$15 e drogas. Em buscas no imóvel, foram localizados quatro aparelhos celulares de procedência duvidosa.

Diante dos fatos, os autores acabaram conduzidos ao plantão da Delegacia de Polícia Civil. Os materiais foram apreendidos. Comando da Polícia Civil deu início às investigações para localizar os demais autores do crime.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Padrasto é preso suspeito de estuprar e matar menino de 5 anos

Em visita de Temer, chineses anunciam aportes de cerca de R$ 15 bi