UBERLÂNDIA, TRIÂNGULO MINEIRO – Um adolescente de 15 anos e outros três jovens, ainda não identificados, são suspeitos de matar, esquartejar e esconder o corpo de Ader Malaquias da Silva, de 22 anos. O adolescente e os comparsas foram vistos por testemunhas, na madrugada desta terça-feira (1º), carregando uma geladeira em um carrinho de mão pela avenida Araguari, no bairro Daniel Fonseca, setor central de Uberlândia. As testemunhas acionaram a Polícia Militar (PM) depois de terem visto um líquido vermelho escorrendo do eletrodoméstico.

Conforme uma destas testemunhas, que pediu para não ser identificada, os suspeitos  deixaram a geladeira cair enquanto estavam na avenida Geraldo Motta Batista, no mesmo bairro. Após colocarem novamente o eletrodoméstico dentro do carrinho de mão, eles entraram na mata que margeia o rio Uberabinha. Após alguns instantes, eles saíram do local sem o objeto e o adolescente levava o carrinho de mão. A PM esteve no local e, com ajuda do Corpo de Bombeiros, encontrou e desvirou a geladeira que estava submersa a cerca de um metro da margem do rio. O corpo de Ader Silva estava dentro do eletrodoméstico. Conforme a perícia da Polícia Civil (PC), o corpo de Silva tinha dezenas de marcas de facas, principalmente no rosto e tórax. As pernas da vítima foram decepadas pelos suspeitos para que o corpo coubesse na geladeira. O corpo estava envolvido em um cobertor.

Durante buscas da PM pelo bairro após o crime, o adolescente foi preso. Ele foi encontrado no cruzamento das ruas Monlevade e Estrela do Sul e reconhecido pelas testemunhas. Na casa dele foi encontrado o carrinho de mão ainda com vestígios de sangue. A ferramenta foi apreendida e levada à perícia da Polícia Civil.

Continua após a publicidade

Para a polícia, o crime tem ligação com tráfico de drogas. O suspeito apreendido e a vítima tinham passagens pelo sistema policial por este tipo de crime. O adolescente foi levado à Delegacia de Plantão da PC, onde deve ser ouvido na manhã desta terça-feira (1°). O adolescente deve ser autuado por homicídio e ocultação de cadáver.

Correio de Uberlândia


Comments are closed.