Menor confessa ter matado e esquartejado
Menor confessa ter matado e esquartejado

UBERLÂNDIA, TRIÂNGULO MINEIRO – Um menor confessou ter matado e esquartejado jovem que foi encontrado morto dentro de um armário no Rio Uberabinha, nesta terça-feira, (1). O adolescente foi encontrado no Bairro Daniel Fonseca em Uberlândia.

O menor tentou correr mais foi pego pela Polícia Militar. Ele confessou que matou a facadas a vítima Ader Malaquias da Silva, de 22 anos. “Eu matei o cara por que ele me entregou para polícia. Ele foi comprar droga na minha lojinha e chegou lá com a PM. Piquei ele tudo e mandei os meninos jogar ele no rio”, afirma.

O jovem é natural de Unaí, Minas Gerais e relatou que tem passagens e que já matou outra pessoa. O menor ainda diz que ele e mais outros dois participaram do crime, mas não quis falar o nome dos envolvidos.

Continua após a publicidade

Três menores apreendidos

Ao todo três menores já foram apreendidos, a suspeita que existe uma quarta pessoa envolvida no crime. A vítima foi encontrada esquartejada dentro de um armário, ele foi retirado de dentro do Rio Uberabinha pelo Corpo de Bombeiros.

Na mesma madrugada que o corpo foi encontrado, um menor de 15 anos foi encontrado próximo do local do crime com um carrinho de mão sujo de sangue. Na manhã de quarta-feira, 2, outro menor de 17 anos foi detido. Os dois negam o crime e relatam que a vítima deve ter morrido por que mereceu e que só ajudaram a carregar o corpo.

O corpo do jovem Ader Malaquias da Silva, de 22 anos, foi velado pela família e amigos no dia de finados, 2. O velório foi na  Associação de Moradores do Bairro Planalto, (Assoplan), com o caixão lacrado.

Mesmo no momento de tristeza, os familiares não deixaram de dizer que querem justiça pela morte de Ader.


Comments are closed.