Poção Azul fica às margens da BR-050 (Foto: Marcos Ribeiro 22-3-16)
Poção Azul fica às margens da BR-050 (Foto: Marcos Ribeiro 22-3-16)

Um adolescente, de 17 anos, morreu, neste domingo (25), em um balneário na zona rural de Uberlândia. O local chamado de Poção Azul já teve nove registros de afogamentos e mortes neste ano, número igual ao total de casos ocorridos nos últimos 8 anos. Wegferson Perreira Silva estava com um amigo no local, quando se afastou a margem do lago e se afogou em um dos rebojos do rio. Conforme o Corpo de Bombeiros, o corpo de Silva foi encontrado a cerca de cinco metros de profundidade.

O local, segundo os Bombeiros, tem dois rebojos – redemoinhos formados pelo movimento da água, um de três metros de profundidade e outro superior a cinco metros. Em ambos, já houve registro de afogamentos e mortes. Entre 2009 e 2015, foram registrados nove afogamento no Poção Azul, pelo menos, cinco resultaram em morte.

A área do Poção Azul é considerada uma das mais perigosas pelo Corpo de Bombeiros por se tratar de local de corredeira. Ela faz parte do rio Uberabinha dentro de uma área particular próxima à Cachoeira de Sucupira, às margens da rodovia BR-050, entre Uberlândia e Uberaba. O local é cercado, porém o isolamento não é respeitado pelos banhistas, que procuraram a região, principalmente, nos fins de semana.


Comments are closed.