A Polícia Civil de Uberlândia cumpriu mandado de prisão preventiva, na tarde desta quinta-feira (5), contra um jovem de 25 anos suspeito de vários crimes como violência doméstica, ameaça, lesão corporal e cárcere privado. Durante a abordagem dos policiais, ele tentou fugir pulando o muro da casa onde morava, no Bairro Planalto, e acabou fraturando os pés.

O jovem foi levado para a Unidade de Atendimento Integrado do bairro e depois transferido ao Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU) para passar por cirurgia, onde permanece sob escolta policial na manhã desta sexta-feira (6). Por esse motivo, a assessoria de comunicação não está permitida passar informações sobre o quadro de saúde.

De acordo com a delegada Juliana Santos Machado, que conduz dois inquéritos contra o jovem na Delegacia Especializada ao Atendimento à Mulher, vários boletins foram registrados. “Há muitos boletins de agressão contra ele, inclusive na cidade de Araguari. Ele é realmente muito agressivo, tem perfil de violência doméstica e chegou a descumprir medida protetiva contra uma das vítimas. A partir disso, instauramos dois procedimentos distintos e eu só precisava da oitiva dele para concluir os inquéritos, embora ele negue tudo”, disse.

Continua após a publicidade

As vítimas são mulheres com quem ele mantinha relacionamento amoroso, porém não aceitava o fim desses relacionamentos. O suspeito também já foi preso por envolvimento à explosão de caixas eletrônicos e posse ilegal de arma de fogo.

A prisão foi cumprida com o apoio de policiais militares. Ele chegou a ser ouvido pela escrivã da Polícia Civil no Hospital de Clínicas e, depois de se recuperar das fraturas, será levado para o Presídio Jacy de Assis ficando à disposição do Judiciário.


Comments are closed.