Pra você é conveniente vim me procurar
Pra mim, não é inteligente ter que aceitar
Só quando você quer
Pra mim não serve não

Quando quero te esquecer, eu vou pra rua
Cê aparece pra roubar minha loucura
E no final
Eu sempre acabo mal

Como é que pode um cara esperto como eu
Me envolver com alguém como você?

Continua após a publicidade

Cê acostumou a me fazer de bobo
Tá sem opção, eu sou o seu socorro
Mas não sou remédio de carência
Já cansei, vou tomar providência

Cê acostumou a me fazer de bobo
Tá sem opção, eu sou o seu socorro
Mulher sem pedigree não dá mais
Eu já tô indo embora
Tchau pro cê, até mais
Tchau pro cê, até mais.


Comments are closed.