Mulher é presa após tentar matar cadela à facadas e pauladas

Cão foi encaminhado para uma clínica veterinária em Araguari (Foto: Polícia Militar de Meio Ambiente/Divulgação)
Cão foi encaminhado para uma clínica veterinária em Araguari (Foto: Polícia Militar de Meio Ambiente/Divulgação)

Uma mulher de 49 anos foi detida pela Polícia Militar de Meio Ambiente suspeita de tentar matar uma cadela a pauladas e golpes de faca, nesta segunda-feira (16), em Araguari.

Os policiais foram até a casa dela, no Bairro Santiago, após denúncia. No local, os militares encontraram o animal ferido. Populares disseram que a mulher em problemas psiquiátricos, porém nenhum laudo médico foi apresentado e ela foi detida.

De acordo com a polícia, o animal estava com ferimentos no tórax, olho e cabeça. A cadela foi encaminhada para uma clínica veterinária devido à gravidade dos ferimentos.

O sargento Eduardo Venâncio informou que o animal permanece sob cuidados e com estado de saúde estável.

Segundo a polícia, a proprietária do imóvel afirmou que tentou matar o animal depois que ele matou um pintinho. A mulher foi encaminhada à Delegacia da Polícia Civil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Funcionário atira no ex-patrão depois de ser demitido em Uberlândia

Partes de motos roubadas são encontradas em córrego em Ituiutaba