Sete criminosos são mortos e um é baleado durante troca de tiros com policiais civis, na madrugada desta quinta-feira (2), em Mato Verde, no Norte de Minas. Segundo a PC, a quadrilha, que é de São Paulo, é investigada por explosões de caixas na região e estava sendo monitorada.

“Começamos a investigar crimes de explosão de bancos e chegamos aos membros da quadrilha. Sabíamos que eles iriam tentar explosões em Mato Verde, entre terça e sexta-feira. Escalamos 40 policiais civis das Regionais de Montes Claros e Janaúba. Na madrugada de hoje, estes policiais, armados e bem posicionados, perceberam o momento em que oito homens chegaram em frente aos bancos da cidade, em uma caminhonete. Eles desceram do veículo e, de imediato, foi dada voz de prisão. Eles atiraram contra os policiais civis e houve confronto”, explicou o delegado Renato Nunes Henriques, Chefe do Departamento da Polícia Civil de Montes Claros. Nenhum policial ficou ferido.
Ainda de acordo com ele, os bandidos estavam armados com fuzis, carabinas, metralhadoras e pistola. A polícia apreendeu dinamites, alavanca e picareta, que eram utilizados nas explosões. A perícia da Polícia Civil está no local.

O delegado informou ainda que a quadrilha é suspeita de explodir um caixa eletrônico de um banco e uma agência dos Correios em Montezuma, na madrugada da última quarta-feira (01). Eles também teriam explodido caixas em Monte Azul e São João do Paraíso.


Comments are closed.