Wanderly Buttarello, o Paco, ao lado de uma das aeronaves da Aviação Agrícola / Foto: Divulgação
Wanderly Buttarello, o Paco, ao lado de uma das aeronaves da Aviação Agrícola / Foto: Divulgação

CAPINÓPOLIS, TRIÂNGULO MINEIRO – A equipe do Setor de Patrimônio Cultural da Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Capinópolis visitaram na semana passada o Aeroporto da cidade, com o fim de levantamento e registro de sua história.

A equipe, composta pelo historiador Cláudio Scarparo Silva e pelo motorista Osvaldo Antônio Batista Belchior (Vadico), foi recebida pelo sr. Wanderley Buttarello, o “Paco”, que concedeu uma entrevista e relatou alguns detalhes da história do Aeroporto.

Segundo Wanderley a pista de pouso do aeroporto foi construída no ano de 1973, pelo município, na gestão do prefeito Osvaldo Nozela, em terreno  cedido pelo sr. Rui Drummond. A pista de pouso tem uma extensão de 900 m. Mais tarde, no ano de 1996 a empresa Aviação Agrícola Buttarello Ltda., construiu os dois hangares, a moradia do caseiro e a parte elétrica.

Continua após a publicidade

Os aviões que usam o aeroporto são, em sua maioria, da empresa do sr. Buttarello, que são aviões comerciais de pequeno porte, de até 6000 kg, usados para o combate de pragas, que atacam as plantações da região.

São várias propriedades rurais que contratam o serviço do sr. Wanderley para o combate às pragas, que atacam as plantações de soja, de milho, entre outras.

Parte da pista do aeroporto da Aviação Agrícola Buttarello
Parte da pista do aeroporto da Aviação Agrícola Buttarello

Seus serviços são muito importantes para a produção agrícola da região, que fomenta a economia gerando divisas para os municípios do pontal do Triângulo Mineiro.

São quase 4 décadas de serviços prestados aos municípios da região e seu trabalho será lembrado e registrado para a preservação da memória local e regional.

Esta pesquisa teve o apoio do município, através do Prefeito Municipal Cleidimar Zanotto, da Secretária Municipal de Educação e Cultura Iracilda Pereira Duarte e da Diretora Municipal de Cultura, Queli Franco.

 


Comments are closed.