Presos e materiais apreendidos foram apresentados nesta quarta (Foto: Mariana Dias/G1)
Presos e materiais apreendidos foram apresentados nesta quarta (Foto: Mariana Dias/G1)

A Polícia Civil prendeu, na manhã desta quarta-feira (22), em Uberaba, três integrantes de uma organização criminosa que disputa o tráfico de drogas em Patos de Minas, no Alto Paranaíba. Os jovens, de 20, 21 e 27 anos, foram encontrados em uma casa no Bairro Alfredo Freire, durante uma operação conjunta das polícias de Patos de Minas e Uberaba.

Ao todo, serão cumpridos 26 mandados de prisão durante o dia, inclusive em Araxá, onde uma pessoa também foi detida. Segundo a Polícia Civil, o grupo é suspeito de tráfico de drogas, associação por tráfico, posse de arma de calibre restrito e munição. O jovem de 27 anos também será responsabilizado por tentativa de homicídio.

“As investigações começaram em setembro do ano passado. Desde então, a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Combate ao Tráfico de Drogas, vem monitorando essa quadrilha, que tem sido chefiada pelo criminoso de 27 anos. Ele é responsável por manter vários comparsas em Patos de Minas promovendo o tráfico de drogas e outros crimes, como tentativa de homicídio, briga pelo comando do tráfico no Bairro Jardim Esperança e adjacentes”, explicou o delegado Ewerton Evangelista.

Continua após a publicidade

Dentro de uma mala foram encontradas várias armas, entre elas duas com adaptador para metralhadora. Também foram apreendidos mais de 260 munições de calibres restritos, espadas, celulares, computador e dinheiro.

Segundo o delegado Heli Andrade, a organização criminosa é suspeita de envolvimento com os ônibus incendiados em Patos de Minas, sendo um dos casos registrado na noite desta terça-feira (22).

“Essa organização criminosa estava sendo investigada há muito tempo. Nesta terça-feira foi expedido o mandado de busca e apreensão. Eles estavam escondidos em Uberaba. Não acredito que eles tenham cometido algum crime aqui, porque eles estão há pouco tempo na cidade e não tiveram tempo de fazer contato com outros criminosos”, acrescentou Heli.

Ainda segundo o delegado Ewerton, as armas podem ter vindo por meio de contrabando de países vizinhos. Uma mulher, companheira do jovem de 27 anos, também foi encaminhada à delegacia. Os presos em Uberaba serão levados para o presídio Sebastião Satiro, em Patos de Minas.

“Em Uberaba foram cumpridos três mandados de prisão e um de busca e apreensão. Em Araxá efetuamos a prisão de um dos integrantes da quadrilha e também vários outros mandados estão sendo cumpridos em Patos de Minas. Ao final do dia teremos um balanço geral”, finalizou o delegado.

G1


Comments are closed.