CAPINÓPOLIS, TRIÂNGULO MINEIRO – O risco iminente de acidentes nas proximidades do trevo de acesso à Capinópolis vem sendo debatido nas redes sociais e chegou até a Câmara Municipal.

É comum ver motoristas trafegando em alta velocidade pela rua 104 e tomando a via de acesso à MGC-154 – O mesmo ocorre na MGC-226.

Continua após a publicidade

Recentemente, um condutor que trafegava pela rua 104, não conseguiu fazer a curva e só parou no canteiro gramado do trevo – Felizmente, não havia nenhuma pessoa no local no momento do acidente.

O local é frequentado por inúmeras pessoas que praticam caminhadas ou fazem exercícios físicos nas duas academias ao ar livre instaladas no local.

Preocupado com o problema, o vereador João Makhoul apresentou indicação 90/2017 na Câmara Municipal de Capinópolis na última segunda-feira (15) de março. No documento, o vereador solicita que o Executivo estude uma forma de reduzir a velocidade dos veículos que trafegam nas proximidades do trevo.

À reportagem, o vereador disse que a instalação de sonorizadores ou redutores de velocidade podem ser uma solução para o problema.

Durante a gravação da reportagem, o prefeito Cleidimar Zanotto passou pelo trevo de acesso à Capinópolis e foi cobrado “ao vivo” pelo vereador João Makhoul. O prefeito disse que irá estudar o caso.

João Makhoul / Trevo de acesso à Capinópolis | Foto: Paulo Braga
João Makhoul / Trevo de acesso à Capinópolis | Foto: Paulo Braga

A historiadora Marina Braga já havia denunciado o caso recentemente, postando um vídeo em uma rede social. Assista:

 https://www.facebook.com/marinabraga.braga/posts/10202960305004264 


Comments are closed.