Sobrinha de dono da Ricardo Eletro é atropelada e está em estado grave

Fernanda é formada em administração e trabalha nas empresas da família
Fernanda é formada em administração e trabalha nas empresas da família

A administradora de empresas Fernanda Soares Nunes, de 25 anos, sobrinha do empresário Ricardo Nunes – proprietário da rede varejista Ricardo Eletro – foi atropelada por uma SUV Toyota Hilux SW4, conduzida por uma mulher, de 43, na manhã desta quarta-feira (22), quando caminhava pela avenida Chafir Ferreira, no bairro São Luiz, na região da Pampulha, em Belo Horizonte. Ela foi encaminhada em estado grave para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII com um traumatismo crânioencefálico.

A Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) não informou o estado de saúde da jovem. Entretanto, fontes próximas à vítima confirmaram que ela teve a morte cerebral constatada pela equipe médica da unidade de saúde durante a tarde.

“Sou amigo da Fernanda. Conversei com familiares, por telefone, que confirmaram a morte cerebral. Mas o procedimento do hospital é esperar por 24 horar para ratificar a morte”, disse um amigo da vítima, que pediu para não ser identificado. “Caso a morte seja confirmada, o enterro será amanhã (quinta-feira), em Divinópolis, onde reside a família”, afirmou.

O acidente

De acordo com a Polícia Militar (PM), a motorista disse que o sol atrapalhou sua visão no momento em que subia a avenida Chaffir Ferreira e, por isso, ela atropelou Fernanda. A condutora ainda afirmou que não sabe dizer de onde a “pedestre saiu”.

Após o acidente, a motorista acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que encaminhou a vítima, inconsciente e com diversas escoriações pelo corpo, para o Hospital João XXIII.

A assessoria de imprensa da PM informou que um boletim de ocorrência foi registrado, porém, a corporação não soube dizer se a motorista foi encaminhada para uma delegacia para prestar esclarecimentos.

Fonte: O tempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fabricante de refrigerante e banco investem R$20 Milhões para facilitar acesso à água

Polícia Civil conclui inquérito sobre homicídio em fazenda de Santa Vitória