(foto: AFP PHOTO / PIB)

Marcelo Ernesto

O depoimento do ex-presidente Lula à Justiça Federal durou quase cinco horas. O petista falou ao juiz Sérgio Moro no âmbito da Operação Lava-Jato e também aos procuradores do Ministério Público Federal (MPF). Esse foi o primeiro depoimento dele a Moro. Lula responde pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Na ação, Lula é acusado de ter recebido R$ 3,7 milhões de propinas da OAS do caso do tríplex do Guarujá. O interrogatório é considerado um dos mais longos feitos no âmbito da operação até o momento.

O interrogatório começou às 14h18 e terminou às 19h10. Primeiro Lula respondeu a perguntas de Moro, depois foi a vez da assistência da acusação, seguida dos procuradores do Ministério Público Federal. Foi feita então uma pausa para água, café e banheiro. Depois de 10 minutos, o interrogatório foi retomado e Moro fez novas perguntas. Pouco antes das 19h, outro intervalo foi feito e no retorno apenas considerações finais.

Continua após a publicidade

A expectativa é que Lula fale ainda nesta quarta-feira em evento para os cerca de 6 mil apoiadores que foram até a capital paranaense, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública.

O depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao juiz federal Sérgio Moro nesta quarta-feira, 10, em Curitiba, ganhou destaque em portais de notícias internacionais. As matérias tratam do embate político entre os dois e dos protestos no Brasil. O jornal italiano ‘La Repubblica’, a BBC e o jornal argentino Clarín são alguns dos que trataram do assunto.


Comments are closed.