CAPINÓPOLIS, MINAS GERAIS – Ocorreu na noite da última terça-feira (16) a composição da diretoria do Lar Fraterno Odovilho Alves Garcia em Capinópolis – o evento, que ocorreu no Centro Espírita André Luiz – no bairro Brasília, teve início por volta das 20h20m e contou com a presença da comunidade e de lideranças de outras instituições espíritas e públicas. Dona Matilde de Almeida Garcia, esposa do já falecido Odovilho Alves Garcia, compareceu ao evento.

O Lar Fraterno tem como objetivo principal, o acolhimento e aconselhamento familiar, prevenção ao suicídio, combate ao uso de drogas lícitas e ilícitas, aconselhamentos para evitar gravidez precoce e o aborto – além da caridade – uma das principais bandeiras da comunidade espírita.

A nova diretoria, composta por seis integrantes, foi aprovada durante a assembleia e ficou composta da seguinte forma:

Continua após a publicidade

Presidente: Humberto Rodrigues da Cunha

Vice-presidente: Cícero Romão da Silva

1ª Secretária: Marley Lopes de Araújo

2º Secretário: Edmar Bento dos Reis

1º Tesoureiro: Carlos Antônio Prissinotto

2º Tesoureiro: Roberto Gonçalves de Oliveira Filho

Além da diretoria, quatro agentes sociais, três fiscais e três fiscais suplentes foram nomeados.

O contador Roney Gonçalves Oliveira salientou alguns pontos importantes do estatuto do Lar Fraterno Odovilho Alves Garcia, que foi aprovado logo em seguida.

De acordo com o estatuto, a diretoria da instituição não poderá ser remunerada e nem composta por pessoas que ocupam cargos públicos.

O Lar Fraterno Odovilho Alves Garcia será instalado na avenida 121, entre as ruas 110 e Magalhães Pinto – no antigo prédio da Creche André Luiz. A creche – que teve suas atividades encerradas em dezembro de 2015, após a inauguração do Centro Municipal de Educação Infantil (CEMEI) – funcionava no local há 33 anos.

O sr. Odovilho Alves Garcia cedeu o prédio à Loja Maçônica Verdade e Amor em regime de comodato de 1982 à 1987 – ao final do contrato em Outubro de 87, uma renovação contratual foi feita por mais 50 anos em regime de comodato pelo Presidente do Centro Espírita André Luiz à época, Humberto Rodrigues da Cunha a pedido do sr. Odovilho Alves Garcia.

A Fraternidade Feminina Cruzeiro do Sul – uma extensão da maçonaria – foi a mantenedora da Creche André Luiz durante o período e atendeu milhares de crianças.

Bernardes Luiz de Lima representou a Loja Maçônica Verdade e Amor durante o evento.

Em 2004, uma versão do Lar Fraterno Odovilho Alves Garcia chegou a entrar em operação no bairro Liberdade, na periferia de Capinópolis. Por motivos de força maior, teve suas atividades encerradas em 2007 – no local, também funcionava o Posto de Assistência João Tibúrcio Nogueira. Dez anos após o encerramento das atividades naquele pequeno e humilde espaço, o Lar Fraterno Odovilho Alves Garcia retoma seus objetivos fundamentais de assistência em um amplo local – o Posto de Assistência João Tibúrcio Nogueira também será reativado, juntamente com o projeto “Amor Exigente”.

A retomada do projeto assistencial foi iniciada em 2015, quando Humberto Rodrigues e diversos caravaneiros foram até o médium Antônio Baduy Filho em Ituiutaba (MG). Ao final do Culto no Evangelho do Sanatório Espírita José Dias Machado, Humberto é chamado e recebe um mensagem psicografada do espírito do Sr. Odovilho Alves Garcia, que fala sobre fraternidade.

Em entrevista ao Tudo Em Dia, Humberto disse que a alegria de retomar as atividades do Lar Fraterno é muito grande –“É uma alegria muito grande, realmente é uma emoção, por que é o sonho do sr. Odovilho. Ele tinha muita vontade de que aquele local fosse um Lar – em 1982, quanto terminou a construção, chama-se Lar Espírita André Luiz , por que Lar é aconchego, é cuidado, é amor, é proteção e é isso que as nossas famílias estão precisando hoje”, pontuou Humberto.

Assista ao evento


Comments are closed.