Diretoria do Lar Fraterno Odovilho Alves Garcia toma posse

CAPINÓPOLIS, MINAS GERAIS – Ocorreu na noite da última terça-feira (16) a composição da diretoria do Lar Fraterno Odovilho Alves Garcia em Capinópolis – o evento, que ocorreu no Centro Espírita André Luiz – no bairro Brasília, teve início por volta das 20h20m e contou com a presença da comunidade e de lideranças de outras instituições espíritas e públicas. Dona Matilde de Almeida Garcia, esposa do já falecido Odovilho Alves Garcia, compareceu ao evento.

O Lar Fraterno tem como objetivo principal, o acolhimento e aconselhamento familiar, prevenção ao suicídio, combate ao uso de drogas lícitas e ilícitas, aconselhamentos para evitar gravidez precoce e o aborto – além da caridade – uma das principais bandeiras da comunidade espírita.

A nova diretoria, composta por seis integrantes, foi aprovada durante a assembleia e ficou composta da seguinte forma:

Presidente: Humberto Rodrigues da Cunha

Vice-presidente: Cícero Romão da Silva

1ª Secretária: Marley Lopes de Araújo

2º Secretário: Edmar Bento dos Reis

1º Tesoureiro: Carlos Antônio Prissinotto

2º Tesoureiro: Roberto Gonçalves de Oliveira Filho

Além da diretoria, quatro agentes sociais, três fiscais e três fiscais suplentes foram nomeados.

O contador Roney Gonçalves Oliveira salientou alguns pontos importantes do estatuto do Lar Fraterno Odovilho Alves Garcia, que foi aprovado logo em seguida.

De acordo com o estatuto, a diretoria da instituição não poderá ser remunerada e nem composta por pessoas que ocupam cargos públicos.

O Lar Fraterno Odovilho Alves Garcia será instalado na avenida 121, entre as ruas 110 e Magalhães Pinto – no antigo prédio da Creche André Luiz. A creche – que teve suas atividades encerradas em dezembro de 2015, após a inauguração do Centro Municipal de Educação Infantil (CEMEI) – funcionava no local há 33 anos.

O sr. Odovilho Alves Garcia cedeu o prédio à Loja Maçônica Verdade e Amor em regime de comodato de 1982 à 1987 – ao final do contrato em Outubro de 87, uma renovação contratual foi feita por mais 50 anos em regime de comodato pelo Presidente do Centro Espírita André Luiz à época, Humberto Rodrigues da Cunha a pedido do sr. Odovilho Alves Garcia.

A Fraternidade Feminina Cruzeiro do Sul – uma extensão da maçonaria – foi a mantenedora da Creche André Luiz durante o período e atendeu milhares de crianças.

Bernardes Luiz de Lima representou a Loja Maçônica Verdade e Amor durante o evento.

Em 2004, uma versão do Lar Fraterno Odovilho Alves Garcia chegou a entrar em operação no bairro Liberdade, na periferia de Capinópolis. Por motivos de força maior, teve suas atividades encerradas em 2007 – no local, também funcionava o Posto de Assistência João Tibúrcio Nogueira. Dez anos após o encerramento das atividades naquele pequeno e humilde espaço, o Lar Fraterno Odovilho Alves Garcia retoma seus objetivos fundamentais de assistência em um amplo local – o Posto de Assistência João Tibúrcio Nogueira também será reativado, juntamente com o projeto “Amor Exigente”.

A retomada do projeto assistencial foi iniciada em 2015, quando Humberto Rodrigues e diversos caravaneiros foram até o médium Antônio Baduy Filho em Ituiutaba (MG). Ao final do Culto no Evangelho do Sanatório Espírita José Dias Machado, Humberto é chamado e recebe um mensagem psicografada do espírito do Sr. Odovilho Alves Garcia, que fala sobre fraternidade.

Em entrevista ao Tudo Em Dia, Humberto disse que a alegria de retomar as atividades do Lar Fraterno é muito grande –“É uma alegria muito grande, realmente é uma emoção, por que é o sonho do sr. Odovilho. Ele tinha muita vontade de que aquele local fosse um Lar – em 1982, quanto terminou a construção, chama-se Lar Espírita André Luiz , por que Lar é aconchego, é cuidado, é amor, é proteção e é isso que as nossas famílias estão precisando hoje”, pontuou Humberto.

Assista ao evento

Anvisa aprova primeiro teste de farmácia do país para detectar HIV

Usuário do Twitter chama Anitta de prostituta e cantora responde