Dentista / foto: pixabay

O famoso check-up é comum quando se fala em saúde do corpo, mas a saúde bucal também deve ser tratada da mesma forma. Uma consulta ao dentista a cada seis meses pode evitar doenças graves que também podem afetar outras partes do organismo. “Com a higiene diária e duas consultas anuais, caso não ocorra nenhum imprevisto, os dentes e gengivas ficarão sempre saudáveis”, afirma Rosane Menezes Faria, dentista da Caixa Seguradora Odonto.

Durante a consulta, a especialista sugere que as pessoas aproveitem o tempo com o profissional para esclarecer algumas dúvidas. Por isso, ela listou cinco perguntas que devem ser feitas pelo paciente. Saiba quais e confira as respostas:

1. Qual o modo correto de escovar os dentes? Rosane recomenda movimentos circulares com a escova. “É necessário que esse movimento seja feito para que a gengiva não se afaste do dente, causando recessão, o que ocasiona sensibilidade dentinária. Também é imprescindível escovar a língua”, orienta.

Continua após a publicidade

2. O certo é usar fio dental antes ou depois da escovação? De acordo com a dentista, a ordem não altera o resultado da ação e nem diminui a eficácia. “O importante é que o fio dental seja passado corretamente, de dentro para fora e sem colocar muita força para não machucar a gengiva”, ressalta Rosane.

3. Como evitar o mau hálito? Há diversos motivos que podem causar o mau hálito: sangramentos na boca, doenças na gengiva, baixa produção de saliva e resíduos de alimentos na língua são apenas alguns deles. “Para evitar o mau hálito, é necessário manter a higiene bucal em dia, não ficar em jejum por um longo período de tempo, evitar ingerir quantidades exageradas de alimentos açucarados, beber bastante água e incluir as frutas e verduras na alimentação. Lembrando que os antissépticos bucais não são eficazes para o tratamento, eles apenas mascaram o problema”, pontua.

3. Quais alimentos posso ou não consumir após clareamento dentário? O ideal é evitar alimentos e bebidas que possuam alto nível de corante na composição. “Café, refrigerantes de cola, beterraba, chocolate e até chá preto, por exemplo, não só alteram como podem piorar o resultado do tratamento. O hábito de fumar também pode afetar o tratamento, acrescenta Rosane.

5. O que fazer ao quebrar um dente? “A orientação é procurar o dentista o mais rápido possível. O dente quebrado pode trazer diversos riscos para a saúde da boca. Muitos podem ser consertados e remodelados, tudo dependerá do dano causado. A avulsão dentária (saída do dente inteiro do alvéolo) ocorre muito frequentemente em crianças e adolescentes. Se isso ocorrer, tente manter o dente no leite ou abaixo da língua e procure imediatamente um dentista, conclui Rosane.

Fonte: Hoje em Dia


Comments are closed.