Entrevista: Jovem assume participação, mas nega assassinato de idosos em Capinópolis

Carlos Eduardo Batista, 18 anos, nega ter cometido o assassinato

 

CAPINÓPOLIS, MINAS GERAIS – Em entrevista na cadeia regional de Ituiutaba, Carlos Eduardo Batista, 18 anos, assumiu que participou do crime, mas ter assassinado o casal de idosos Danião Fernandes, 71 anos e Maria Gorete 63 anos, no final da noite de quinta-feira (18), por volta das 23h30m.

O casal estava jantando quando foram abordados pelos criminosos. Segundo o autor Carlos Eduardo, ele não chegou a entrar na casa das vítimas e ficou observando a ação de um menor de idade, que teria cometido o assassinato utilizando uma barra de ferro.

O comerciante foi encontrado caído na entrada da cozinha sobre uma poça de sangue – a mulher foi encontrada na sala da residência.

Uma parte do relato que choca é quando Carlos Eduardo Batista diz que o casal era “parceiro” dele e da mãe, que os ajudava constantemente. O jovem se diz arrependido e jurou vingança contra o menor que o acusou.

Danião, o idoso cruelmente assassinado, era comerciante e tinha um movimentado bar na Avenida Primeiro de Agosto com a Rua Ituiutaba.

Carlos Eduardo Batista já tinha passagens policiais.

A entrevista foi feita pela rádio Cancella AM de Ituiutaba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conferência da Saúde da Mulher é realizada em Capinópolis

Algumas perguntas que devem ser feitas ao dentista durante a consulta