Taíse Morais / Foto: Facebook

CAPINÓPOLIS, MINAS GERAIS – Uma grande comoção tomou conta da população de Capinópolis no final da manhã desta sexta-feira (26) após a confirmação da morte de Taíse Morais, 29 anos. A jovem é uma das vítimas do acidente ocorrido na última terça-feira (23) de maio na MGC-154, entre Capinópolis e Ituiutaba – próximo ao posto da Polícia Militar Rodoviária.

Taíse estava gestante e perdeu o bebê durante o acidente – teve as duas pernas e um braço fraturados – ela conduzia um Fiesta de cor preta. O condutor do outro veículo, o estudante Carlos Henrique, 27 anos, também ficou gravemente ferido e foi encaminhado ao hospital São José em Ituiutaba, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na última quarta-feira (24).

Taíse chegou a ser submetida à uma cirurgia ainda na terça-feira (23) – foi submetida a uma sessão de hemodialise após a paralisação dos rins na última quinta-feira (25) – a sessão chegou a ser bem avaliada pelos médicos.

Continua após a publicidade

Capinópolis inteira se colocou em preces e correntes de oração foram feitas em favor da jovem.

Antes do acidente, a família fazia planos para uma festa neste final de semana.

Em 2013 a MGC-154 foi palco de vários acidentes fatais – tem sinalização precária e não conta com acostamento em condições de utilização. As causas do acidente que vitimou fatalmente Carlos Henrique e Taíse Morais ainda não foram esclarecidas.

Taíse Morais era casada e seria mãe pela primeira vez – o nome escolhido da filha foi Elisa. Amigos da jovem se manifestam por meio das redes sociais em homenagem. Taíse deixa o marido, pais, dois irmãos e inúmeros amigos.

Veículos ficaram destruídos com o impacto do choque

Comments are closed.