Como desdobramento de uma investiga√ß√£o de homic√≠dio, em Santa Vit√≥ria, a Pol√≠cia Civil de Minas Gerais (PCMG) deu cumprimento ao mandato de pris√£o preventiva em desfavor de Luismar Dias da Silva, 36 anos. A opera√ß√£o ocorreu no feriado de Corpus Christi, quinta-feira (15), e contou com apoio da Pol√≠cia Militar (PM) do munic√≠pio do Tri√Ęngulo Mineiro. O investigado √© suspeito da morte de Jo√£o Carlos Ferreira, de 31 anos.

O crime ocorreu na manhã do dia 3 de agosto de 2016, no bairro Dom Alexandre. No dia dos fatos, a vítima parou seu veículo em frente à residência do suspeito para conversar com o pai de Luismar. O investigado, que estava naquele local, entrou em casa, buscou uma arma de fogo e desferiu quatro disparos contra João Carlos, que faleceu ainda dentro do carro.
Após o ocorrido, o acusado deixou a cidade e passou vários dias fora, retornando, posteriormente, como se nada tivesse acontecido. Ele, ainda, sustentou para a Polícia Civil que estava em outra localidade no dia do homicídio.
Durante as investiga√ß√Ķes, al√©m de outros elementos, restou demonstrada por prova t√©cnica que Luismar estava sim na cidade no dia dos fatos, e que, al√©m disso, fez uso de seu telefone minutos antes do crime. Segundo se apurou, a motiva√ß√£o do crime foi passional.
Ao final das investiga√ß√Ķes, o delegado respons√°vel pelo caso, Cleiton Costa Viana, representou pela pris√£o preventiva do investigado, que foi decretada pelo Poder Judici√°rio. Luismar foi encaminhado ao sistema prisional e est√° √† disposi√ß√£o da Justi√ßa.


Aprenda como fazer uma 'Amoeba' caseira

Comments are closed.