A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) em Capinópolis, prendeu na terça-feira (27), Luís Gustavo Miranda Mendes, 20 anos, suspeito de participar de um sequestro seguido de roubo ocorrido no último dia 19.

Os suspeitos seguiram um casal que havia saído do Parque de Exposições João de Freitas Barbosa, onde ocorria a 24ª Expocap. O casal foi seguido por um veículo ocupado por três homens, que logo adiante anunciaram o roubo, levando as vítimas até uma estrada vicinal.

Continua após a publicidade

Segundo as investigações, um dos suspeitos vigiava as vítimas enquanto os outros dois retiravam o som automotivo e as rodas do carro. Dois dos suspeitos foram presos ao saírem do canavial pela Polícia Militar e o terceiro, Luís Gustavo, foi preso na terça-feira pela PCMG.

A PCMG apreendeu o veículo VW/Gol 1.0; celulares do suspeito; R$120; e revólver calibre 38, com capacidade para seis munições.

Relembre o caso

O casal foi sequestrado em Capinópolis no início da madrugada de segunda-feira (19), quando saíram do Parque de Exposições João de Freitas Barbosa, local onde foi realizado a Exposição Agropecuária de Capinópolis Expocap. O fato ocorreu por volta das 00h8m.

Segundo relato das vítimas e registrado na ocorrência policial ao qual o Tudo Em Dia teve acesso, o casal seguia pela avenida 117 em um VW Gol de cor chumbo, quando perceberam que eram seguidos por outro veículo. O condutor do VW Gol, F.L.S.F, de 20 anos, seguiu pela avenida 117 na presença de G.M.S de 18 anos, até chegar a um posto de combustíveis no cruzamento com a Rua 104, quando observou que ainda eram seguidos.

O condutor do VW Gol seguiu pela Rua 104 e em seguida, desceu a Rua 102, convergindo para a avenida 99, já no Setor Primitivo da cidade e parou em frente sua residência. Os suspeitos desceram de um veículo e abordaram F.L.S.F com uma arma de fogo em punho, obrigando a garota G.M.S a sentar no banco traseiro do VW Gol da vítima – sob a mira da arma de fogo, F.L.S.F foi obrigado a entrar no veículo.

Um dos suspeitos conduziu o veículo até uma estrada vicinal na MG226, sentido Canápolis (MG), a 5km da ponte do Córrego Pirapitinga. Os suspeitos ameaçaram as vítimas, dizendo que se a Polícia aparecesse, todos iriam morrer.

Uma equipe da Polícia Militar (PM) de Capinópolis efetuou intensos rastreamentos e conseguiu avistar os suspeitos saindo de um canavial. Os suspeitos tentaram fugir – um deles saiu do carro correndo rumo ao canavial e atirou três vezes contra os militares utilizando um revólver calibre .38 – os policiais revidaram. Ninguém foi atingido pelos disparos.

A PM prendeu dois suspeitos –  Lucas Rodrigues Pires, 19 anos e Mateus dos Santos Costa, 18 anos. Um terceiro suspeito, identificado como Luiz Gustavo Miranda Mendes, 20 anos, está foragido. Dois suspeitos são de Centralina (MG) e um de Canápolis (MG).


Comments are closed.