ITUIUTABA, MINAS GERAIS – A Polícia Militar (PM) foi acionada no último sábado (8) de julho para averiguar um indivíduo em atitude suspeita na agência da Caixa Econômica Federal em Ituiutaba.

Durante abordagem policial, foi constatado que Rafael Oliveira Vilarinho, 27, utilizava um telefone celular para receber informações vindas de Fernando Silvestre Franco Cunha, 28, com dados bancários das vítimas que pretendiam sacar valores do FGTS de contas inativas.

Os suspeitos utilizavam o cpf, número do pis e a senha do cartão cidadão para efetuar os saques. importante ressaltar que valores de até R$ 1.500,00 podem ser sacados sem utilizar o cartão pessoal.

Continua após a publicidade

Com o suspeito Rafael estavam diversos impressos de fgts de terceiros e R$ 417,00 dos quais, segundo ele, R$ 200,00 haviam sido sacados naquele momento. Foi feito o monitoramento da residência de Fernando quando a jovem Giovanna Moraes Durães, 18, saiu carregando uma sacola e uma mala com roupas e entrou em um veículo, ela dirigiu até a BR 365 sentido a Uberlândia onde entregaria a quantia de R$ 9.700,00 em dinheiro que possivelmente serviria para a fuga de Fernando e dos suspeitos Renato Medeiros Varela, 33, e Iury Medeiros, 28, que aguardavam em outro veículo às margens da rodovia.

Durante as diligências na residência do suspeito Fernando, foram apreendidos diversos documentos que podem servir de provas num futuro processo judicial, inclusive vários extratos bancários, cheques, comprovantes de depósito e saques das contas dele próprio e dos autores Fernando e Iury, além de outros materiais, como netbook, celulares e máquina de cartão com equipamento tipo “chupa cabras”, utilizado para clonar cartões.

Os envolvidos foram conduzidos até a delegacia da polícia civil para as providências de praxe.


Comments are closed.