A última terça-feira, 11, marcou o fim do suporte da Microsoft ao sistema operacional Windows Phone 8.1 em todo o mundo. Quem tem celulares com a plataforma, continua a utilizar o aparelho normalmente, porém, as falhas de segurança não serão corrigidas.

A empresa fundada por Bill Gates chegou tarde ao mercado mobile e não conseguiu emplacar o sistema para celulares – a empresa detém uma parcela muito pequena no mercado. O Android do Google e o IOS da Apple dominam o mercado.

Continua após a publicidade

Atualmente, 80% dos usuários do sistema operacional mobile da Microsoft utilizam o Windows Phone – apenas 20% utilizam o Windows 10 mobile, o que deixa uma esmagadora porcentagem de usuários sem suporte.

Alguns usuários que utilizavam o WP 8.1 chegaram a receber atualizações automáticas do Windows 10 mobile ainda na terça-feira (11).

No Brasil, o Android domina 93% do mercado – Apple fica com 4,7% e o windows phone com apenas 2% – outros sistemas representam 0,3%. Nos cinco maiores mercados do mundo, o Android segue dominando, com 76,3% de participação no mercado, um aumento de 0,7%. A Apple ganhou 1,9% de participação, atingindo os 20,7% de vendas na Alemanha, França, Grã-Bretanha, Espanha e Itália. Marcas chinesas registraram, no período, 22% das vendas.

O grande problema do fim do Windows Phone é que isso deixa pelo menos 80% da base de usuários descobertos, uma vez que falhas de segurança não devem mais ser corrigidas pela Microsoft. Apenas os outros 20% já usam o Windows 10 Mobile, que ainda é suportado e recebendo atualizações frequentes.

A industria investe em aparelhos com o sistema operacional Android e novos aparelhos surgem a cada dia. Somente o tempo irá dizer se o sistema operacional Windows 10 mobile terá futuro.

Muito se especula sobre o “Surface Phone”, que seria uma nova aposta da Microsoft; a questão é se o sistema operacional dele seria a versão Mobile do Windows 10, ou se seria o sistema operacional completo visto nos computadores adaptado para a tela pequena.


Comments are closed.