Uma notícia, no mínimo curiosa, foi divulgada nesta sexta-feira na página do Facebook do ex-candidato à presidência, Levy Fidelix (PRTB). Segundo o presidenciável em 2014, o Brasil teria vendido a Copa do Mundo de futebol sediada pelo país naquele ano. Detalhe: a informação é antiga e não procede.

De acordo com Fidelix, se baseando em uma informação do site Juntos Pelo Brasil, ele discorre diversas situações que comprovam a ação. Além do 7 a 1 para a Alemanha, no Mineirão, em Belo Horizonte, outro ponto foi levantado: a lesão de Neymar contra a Colômbia, em Fortaleza, nas quartas de final.

E as teorias conspiratórias não param. Qual será a próxima?

Continua após a publicidade

Segue a postagem de Fidelix:


Comments are closed.