MADONNA pediu a um juiz que bloqueasse um leilão de seus objetos pessoais, que incluem uma carta na qual o rapper Tupac Shakur termina o namoro com ela. A cantora alegou que essas peças íntimas foram roubadas por um antiga amiga. Espera-se que a carta, que integra um lote de mais de cem itens, fature US$ 400 mil. Madonna disse em comunicado que o tribunal considerou que o leilão “supera os limites da decência”. Boa parte da coleção aparece como proveniente da comerciante de arte Darlene Lutz. A cantora disse ao tribunal que Lutz era uma amiga próxima que teve acesso a seus pertences. Entre os outros itens, está uma carta a outro antigo amante, o ator John Enos, em que ela diz invejar as carreiras de Whitney Houston e de Sharon Stone, assinalando que eram “terrivelmente medíocres”. 


Comments are closed.