Ídolo do Cruzeiro, JUAN PABLO SORÍN, de 41 anos, já pode ser considerado um legítimo brasileiro. Além de ter criado uma linda história com o público de Minas Gerais, ele segue como comentarista e apresentador do canal a cabo ESPN. Na emissora, ele comanda os programas “Se Joga em Casa” e o “Resenha ESPN”. Em conversa com a revista “Trip”, que já está nas bancas de todo o país, ele revelou que, além do futebol e da televisão, é um amante das palavras. “Escrever é também a procura da felicidade, inclusive nos momentos de angústia. Você procura alguma coisa que deixe mais leve esse momento. Até já escrevi muitas vezes chorando, por alguma coisa que estava me fazendo mal ou algumas histórias, alguma morte. Termina sendo uma terapia muito legal também”, disse ele. 


Comments are closed.