É de Minas Gerais a missão de representar o Brasil pela primeira vez num dos eventos de tecnologia mais esperados por quem acompanha o que há de novo por aí. A participação inédita de uma equipe brasileira ocorre no Chile, na 13ª edição do Encontro Internacional Fab Lab, uma rede mundial de laboratórios criada pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT), uma da mais renomadas universidades do planeta, com o objetivo de facilitar a prototipagem de ideias e visando à inovação e invenção. Cinco alunos do curso de engenharia de produção do Centro Universitário Newton Paiva embarcaram ontem para o país vizinho a fim de apresentar o protótipo de aparelho portátil de ressonância magnética que, dentro de alguns anos, poderá revolucionar uma parte da medicina.O Renossonic plus – diagnóstico a um toque, protótipo de máquina de ressonância magnética portátil criado por alunos do oitavo período, será apresentado na categoria “inovação e tecnologia” no evento promovido pela Fab Foundation.


Comments are closed.