CAPINÓPOLIS, MINAS GERAIS – A Aliança Municipal Espírita (AME), Lar Fraterno Odovilho Alves Garcia e o Centro Espírita André Luiz, realizarão o 10º Encontro Fraterno “Auta de Souza” em Capinópolis. O evento reunirá caravanas de várias cidades da região nos dias 19 e 20 de agosto na Escola Municipal Higino Guerra.

Com o tema central “A cada um, segundo suas obras”, o evento abordará temas como a influência da mídia na educação dos filhos, a importância do jovem no cenário atual, as misérias sociais na visão do espiritismo.

O encontro também marcará o início das atividades assistenciais do “Lar Fraterno Odovilho Alves Garcia“, que está sendo instalado no prédio da antiga creche “André Luiz” no bairro Alvorada. O prédio está sendo reformado com auxilio de doações e trabalho voluntário.

A creche – que teve suas atividades encerradas em dezembro de 2015, após a inauguração do Centro Municipal de Educação Infantil (CEMEI) – funcionava no local há 33 anos. O sr. Odovilho Alves Garcia cedeu o prédio à Loja Maçônica Verdade e Amor  regime de comodato de 1982 à 1987 – ao final do contrato em Outubro de 87, uma renovação contratual foi feita por mais 50 anos em regime de comodato pelo Presidente do Centro Espírita André Luiz à época, Humberto Rodrigues da Cunha a pedido do sr. Odovilho Alves Garcia.

No dia 20 de agosto, o Lar Fraterno fará o acolhimento e aconselhamento familiar, prevenção ao suicídio, combate ao uso de drogas lícitas e ilícitas, aconselhamentos para evitar gravidez precoce e o aborto – além da caridade – uma das principais bandeiras da comunidade espírita.

Segundo Humberto Rodrigues, presidente do Lar Fraterno Odovilho Alves Garcia, o evento é uma forma de estreitar os laços. “[Temos o objetivo de] trazer subsídios para auxiliar a família a apertar mais os seus laços. Abençoar o Lar Fraterno Odovilho Alves Garcia para que com a ajuda de todos cumpra o seu papel de ajudar a comunidade de Capinópolis”, disse Humberto, que completou esclarecendo o tema central do evento –  “[trata-se] da passagem de Mateus, 16: 26 e 27, que cita que a cada um de nós Será dado segundo suas obras, ou seja, tudo que semearmos, vamos colher de mal ou de bem. A lei de reação de causa e efeito. Toda a semeadura tem a devida colheita, se semearmos a paz, teremos a paz de volta”, finalizou.

O evento é gratuito e aberto à toda a sociedade. informações (34) 9-9973-3843 e (34) 9-9812-0127.

Confira a programação:


DEIXE UMA RESPOSTA