Cansada de ser abusada pelo tio, uma adolescente de 14 anos foi sozinha até a Polícia Militar de Juiz de Fora, na Zona da Mata, nesta quarta-feira (9), e denunciou os estupros. A vítima contou que desde que tinha 11 anos ela era abusada pelo familiar. Ela contou ainda que não denunciou antes porque era constantemente ameaçada pelo suspeito.

O homem foi ouvido na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, mas negou os abusos. A sugestão da denúncia foi feita pela mãe da adolescente que em conversa com a filha descobriu os abusos nesta semana. A mãe disse ainda que já tinha chamado a polícia para o familiar, porque ele fazia gestos obscenos para a vítima, porém ela não sabia dos abusos ainda.

Segundo a menina contou aos policiais, quando ela tinha 12 anos o tio a trancou em um quarto e a obrigou a manter relações sexuais com ele. A situação se repetiu outras vezes. O suspeito amolava um facão e a ameaçava para não denunciar o crime.

A menina disse ainda que após os abusos ela era obrigada a ingerir um remédio no dia seguinte. A vítima foi abusada pela última vez em abril deste ano. Existe a suspeita que a irmã da vítima também tenha sido estuprada.

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o caso. O homem foi ouvido e liberado por não haver flagrante.


DEIXE UMA RESPOSTA