(esq) Carlos Bolsonaro e Flávio Bolsonaro / Imagem editada

Rio – A eleição de 2018 faz a temperatura subir na casa da família Bolsonaro. Filhos do patriarca Jair (PSC), o deputado estadual Flávio (PSC) e o vereador Carlos (PSC), que carregam o sobrenome do pai, brigam para ser o nome do clã na disputa ao Senado. Ambos avaliam que, com a candidatura de Jair à Presidência, teriam boas chances de sair vitoriosos. Mas apenas um dos irmãos será feliz nessa história.

De saída do PSC e a caminho do PEN (futuro Patriota), Jair, que levará consigo os filhos, terá que se decidir entre Carlos ou Flávio para o Senado. E já tem até provocação das crias nas redes sociais. Carlos usou o Twitter para criticar Flávio, autor de livro sobre Jair: “(Ser) Bolsonaro é muito mais que vender livros, canecas e exposição. Se um dia tiver que ser mais do mesmo, eu já escolhi meu lado!”. O irmão não rebateu.

Chance dobrada

Continua após a publicidade

Ano que vem serão eleitos dois candidatos ao Senado. Esse fator acirra os ânimos dos irmãos Bolsonaro para ser o nome do ‘novo’ Patriota.

Fatores

A favor de Flávio, o fato de ter mais seguidores nas redes sociais. Pesa para o lado de Carlos a garantia de que, se não for eleito, não ficará sem mandato, já que poderá retornar à Câmara Municipal.

Jornal O Dia


Comments are closed.