MINAS GERAIS – Após o leilão de quatro usinas hidrelétricas da Cia. Energética de Minas Gerais (CEMIG), o diretor de finanças e relações institucionais da empresa, Adézio de Almeida Lima, afirmou em entrevista ao ‘JN’ da Tv Globo, nesta quarta-feira (27), que a empresa vai pedir indenização pela venda das usinas.

“A ação principal que está no Supremo ainda não foi julgada, mas nós vamos fazer outros recursos pela indenização dos nossos ativos e por lucros cessantes”, disse Lima.

A expressão lucros cessantes se refere a danos materiais sofridos por alguém, em função de culpa, omissão, negligência ou imperícia de outro. Na prática, será o cálculo do valor que a empresa ganharia caso o contrato tivesse sido cumprido, em vez de alterado pela medida de 2012.

Continua após a publicidade

Adézio Lima disse ainda que a Cemig não apresentou nenhuma proposta porque não tem dinheiro. “Em 2015, a nova gestão recebeu a empresa extremamente endividada”.

O Governo arrecadou R$ 12,13 Bi e a hidrelétrica de São Simão foi leiloada para um grupo Chinês.

Veja o resultado do leilão de hidrelétricas

UsinaPotência instalada (MW)RioEstadoValor mínimo da outorga (R$)Valor oferecidoÁgio
São Simão1.710ParanaíbaGoiás e Minas Gerais6.740.946.603,497.180.000.0006,51
Jaguara424GrandeMinas Gerais e São Paulo1.911.252.009,472.171.000.00013,59
Miranda408AraguariMinas Gerais1.110.880.200,231.360.000.000,0022,43
Volta Grande380GrandeMinas Gerais e São Paulo1.292.477.165,351.419.784.000,009,85

Comments are closed.