Novo iPhone X deve chegar ao Brasil custando uma fortuna / foto: Apple

A Apple anunciou nesta terça-feira (12) de setembro, os tão aguardados novos iPhones. Para a surpresa de muitos, a empresa da maçã não lançou a linha ‘S’, com o costuma fazer em anos ímpares – se a constante fosse mantida, teríamos o iphone 7s e 7s Plus, mas a gigante de Cupertino anunciou o iPhone 8, iPhone 8 Plus e uma edição especial em comemoração aos 10 anos da linha de smartphones, o iPhone X.

Taxado pela Apple como a maior revolução já feita em sua família de produtos, o iPhone X tem uma tela gigante, ao exemplo do que já faz a LG no LG G6 e a Samsung, no Galaxy S8. O corpo do aparelho é todo de vidro, com acabamentos laterais em aço e uma barra preta na parte superior do display, onde fica a câmera frontal, alto-falantes, sensores e outros componentes. O ‘precioso’ ainda é resistência a água e poeira.

Os iPhones 8 e 8 Plus mantém o mesmo da tamanho da linha anterior – 4,7″ e 5,5″.

Por dentro, também está o processador A11 bionic, que promete ser 25% mais rápido que o A10 presente no iPhone 7. O mesmo vale para a GPU, que entrega 30% mais capacidade gráfica que sua antecessora, tudo isso usando metade da energia necessária para que o dispositivo lançado no ano passado pudesse funcionar.

UMA FORTUNA

A versão mais poderosa do iPhone X, com 256 GB de memória interna sai por US$ 1.149, cerca de R$ 3,6 mil em conversão direta. Basta uma regra de três para se arrepiar ao perceber que, seguindo a lógica das edições já disponíveis no Brasil, o “futuro dos smartphones”, conforme alardeado pela Apple, não deve dar as caras por aqui por menos de R$ 6.400. Vai encarar? Então é melhor ir preparando o bolso desde já.


DEIXE UMA RESPOSTA