CAPINÓPOLIS, MINAS GERAIS – Cibercriminosos invadiram o servidor da prefeitura de Capinópolis no início da madrugada da última quarta-feira (27) setembro e criptografaram todos os dados, solicitando o pagamento de Ƀ3.000 Bitcoins para devolver os arquivos. Em Reais, o valor do resgate ultrapassa R$41.699,00 (Quarenta e Um Milhões Seiscentos e Noventa e Nove Reais) com valores calculados nesta sexta-feira (29).

O Bitcoin é uma moeda, assim como o Real ou o Dólar, mas é totalmente virtual. Cada Bitcom vale, hoje (29/09/17), R$13.900,00 (Treze Mil e Novecentos Reais). Os criminosos exibiram uma mensagem na tela do servidor da prefeitura que foi invadido, exigindo o pagamento milionário.

A invasão ao servidor foi descoberta pela equipe de Tecnologia da Informação (T.I) e a Polícia Militar (PM) registrou o ocorrência. A Polícia Civil foi acionada e segundo a Procuradora do Município de Capinópolis, dra. Iana Balduíno, o caso será repassado à Polícia Federal.

Website da prefeitura exibiu mensagem de instabilidade

O ataque derrubou o site da prefeitura (capinopolis.mg.gov.br) e comprometeu todos os serviços. Prestadores de serviço não conseguiram emitir notas eletrônicas no website e o portal da transparência ficou inacessível. Sem mencionar o ataque, o website oficial da prefeitura exibia uma mensagem de instabilidade. “Estamos com instabilidades em nossos Serviços Online e Portal da Transparência. Nossa equipe técnica já está atuando para que seja normalizado o quanto antes. Previsão de retorno em 24 horas. 27 de Setembro de 2017 15h“, dizia a mensagem.

Os backups foram restaurados e os serviços foram normalizados. Na manhã desta sexta-feira (29), já era possível acessar o emissor de notas fiscais e outros serviços.

O pagamento salarial dos servidores dos município só foi possível no final da tarde desta sexta-feira (29), após um intenso trabalho do departamento de Recursos Humanos da prefeitura.

Segundo o prefeito Cleidimar Zanotto, a segurança está sendo reforçada e não houve nenhum pagamento aos cibercriminosos. “Não foi feito nenhum pagamento, restauramos o backup dos dados e tudo voltou a funcionar. O caso será repassado à Polícia Federal. O pagamento salarial do funcionalismo público foi feito na tarde desta sexta-feira, graças ao empenho do departamento de Recursos Humanos da prefeitura, que não mediu esforços e ao qual eu agradeço muito”, disse o prefeito.

Outras cidades da região também podem ter sofrido ataques. O website e o servidor da Câmara Municipal de Capinópolis não foram invadidos.

 Tela semelhante à exibida no servidor da prefeitura de Capinópolis

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here