Ocorrência foi registrada na 187ª da Polícia Militar

Um ocorrência registrada na manhã desta quarta-feira (13), em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, chamou a  atenção dos policiais da 187ª Companhia de Policia Militar. É que após perseguir e prender uma mulher , e apreender quatro menores, os militares perceberam que junto aos suspeitos havia também uma criança de apenas 10 anos.

O caso começou na noite de ontem no bairro Cidade Verde, como conta o cabo Guimarães, responsável pela ocorrência. “Nós temos o que é chamado de Rede de Vizinhos protegidos em alguns bairros da nossa companhia, e o Cidade Verde é um deles. Ontem a noite nós estávamos fazendo um patrulhamento de prevenção para evitar os roubos, quando, em patrulhamento, chegamos perto da padaria do cidadão e eles estava no meio da rua acenando para gente. Ao perguntar o que havia acontecido, ele contou que um grupo havia lhe assaltado”, contou.

Após uma intensa perseguição, os suspeitos foram abordados na rua Diantares. Com eles, a policia encontrou todo o produto do roubo eu uma réplica de pistola semiautomática que eles teriam usado no roubo.   No momento em que foi abordado, o grupo estava em um veículo VW Gol, que seria de Maria de Fátima Souza, de 33 anos.  Apesar de ter sido reconhecida por diversos moradores da região, Maria negou que tenha participado do crime, e disse que estava com a filha quando foi abordada pelos menores, de 16 e 17 anos que a obrigaram a arrancar o carro. “Eu não conheço esses meninos. Eles me obrigaram a arrancar o carro. Não tenho nenhuma passagem e vou esperar a ação de Deus”, explicou, Maria.

Apesar de negar o crime, para a policia não há duvidas sobre o envolvimento dela com a ação. “Quando fomos deixar a criança na casa da tia, esta (a tia) informou que não queria cuidar dela (criança) porque sabia que ela estava no “mundo do crime” com a mãe”, afirmou Guimarães.

Ainda de acordo com o cabo, o grupo seria o responsável por pelo menos outros cinco roubos de carro no bairro. “É um local que rota fácil para aqueles que querem fugir. Na manhã de ontem ele tentaram roubar o carro de um cadeirante, mas, por causa da dificuldade do homem em sair do veículo, eles desistiram. Voltaram a noite e concluíram o crime”, completou.  Todos os suspeitos foram levados para a Delegacia de Plantão em Betim.


DEIXE UMA RESPOSTA