Lula é indiciado pela PF por corrupção passiva; defesa nega qualquer ato ilícito

Redação Tudo Em Dia

Em um trecho da entrevista, cedida à Rádio Super Notícia na última quarta-feira (18), Lula diz ser vítima de pacto maquiavélico do Ministério Público, Polícia Federal, Poder Judiciário e da imprensa.

“A Polícia Federal da Lava Jato mentiu, o Ministério Público mentiu e o juiz aceitou as mentiras e está me julgando e me condenando por coisas que eu não fiz. Eles é que estão com problemas de explicar para a opinião pública que eu não cometi o crime que eles gostariam que eu tivesse cometido. Eu já provei minha inocência. Agora cabe a eles ter coragem e me pedir desculpas, desculpas à sociedade brasileira com o que estão fazendo neste país. Não estão apenas apurando corrupção. Estão destruindo a indústria nacional, destruindo o emprego e a credibilidade deste pais. Eles invadiram minha casa, invadiram a casa dos meus filhos. Procurando o quê? Deviam estar procurando ouro, joias, dólar. Eles encontraram isso na casa do Serra, do Aécio, do Temer, do Cunha, do Cabral, na casa de não sei de quem, no banco da Suíça, na casa no Nuzman, e não encontraram na minha casa. Eles poderiam ter ido para a televisão pedir desculpa a mim e ao povo brasileiro pela falta de compostura deles em duvidar da minha honestidade. Eles não fizeram isso porque estão subordinados à imprensa, um pacto maquiavélico entre a Polícia Federal, o Ministério Público, o Poder Judiciário e a imprensa. Eu estou nu diante deles para investigar, só espero que depois eles tenham coragem de pedir desculpa à sociedade brasileira”, disse Lula.

Continua após a publicidade

Em outro trecho da entrevista, Lula diz ter mais de 50 capas de revistas contra ele e mais de 25 hora de Jornal Nacional contra ele.

“Tenho mais de 60 capas de revistas contra mim, tenho mais de 25 horas de “Jornal Nacional” contra mim”, disse o ex-presidente.

Lula fará uma caravana por Minas Gerais nos próximos dias. “O objetivo é tentar ver o que aconteceu no Brasil nestes últimos anos, porque eu tenho consciência dos avanços sociais que aconteceram nas regiões mais pobres do Brasil. Eu tenho consciência dos defeitos que aconteceram no campo da educação, da saúde, do emprego, do campo, da ajuda do pequeno e médio produtor rural e da agricultura familiar”.


Comments are closed.