CAPINÓPOLIS, MINAS GERAIS – Os alunos da Escola Estadual Governador Juscelino, matriculados no 7°, 8° e 9° anos, realizaram um projeto de socialização e interação em Uberlândia no último sábado (30) de setembro, com a participação de quarenta e um alunos.

O “Projeto Meio Ambiente” teve o objetivo de mostrar a importância de áreas verdes e espaços preservados no perímetro urbano. Os alunos visitaram o Parque do Sabiá em Uberlândia – o local é uma das mais completas estruturas de lazer de Minas Gerais, contando com grandes áreas verdes, que abrange um bosque de 350.000m² de área, um conjunto hidrográfico composto por três nascentes que abastecem sete represas e originam um grande lago, academia ao ar livre, pistas de caminhada e um zoológico com animais em cativeiro de variadas espécies.

Outra atração que deixou os alunos eufóricos foi a visita ao Center Shopping – muitos alunos nunca haviam ido a um shopping.

“E necessário que haja um equilíbrio entre as relações da população com o meio ambiente. Os alunos compreenderam a necessidade da conservação de áreas verdes, principalmente nas cidades”, disse a professora Laise Medeiros, que junto ao professor Dieison, idealizaram o projeto. As professoras Emília e Crislaine Reis deram à iniciativa e viajaram junto aos alunos.

Segundo a professora Crislaine Reis, o projeto proporcionou conhecimento e socialização. “O passeio proporcionou conhecimentos geográficos que tratam da estrutura física da cidade grande, onde eles puderam fazer comparações entre o que existe em sua cidade [Capinópolis] e em Uberlândia; aprenderam sobre espécies de animais, nascentes, e tiveram um ótimo contato com a natureza, respeitando-a. Os alunos interagiram entre si, com os professores, em uma relação muito respeitosa e agradável, além de se portarem muito bem nos locais públicos e de grande movimento”, disse a professora.

“Através desse passeio, os alunos perceberam a importância de áreas verdes e a influência delas em nossas vidas. Alguns alunos observaram que o ar e o cheiro no parque eram diferentes. O objetivo foi mostrar a eles que o ambiente interfere na nossa qualidade de vida de forma positiva, precisamos dele para sobreviver. E que eles se sensibilizem quanto à importância da preservação ambiental e desenvolvam hábitos que contribuam com a preservação”, finalizou Laise Medeiros.

As despesas com alimentação dos participantes do projeto ficaram por conta da Escola Governador Juscelino. A prefeitura de Capinópolis colaborou cedendo o transporte dos alunos.

 


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here