Crianças / foto: Unifec

Neste 12 de outubro o Brasil comemora o Dia das Crianças, uma data própria do país, aprovada na década de 20 pelo Congresso Nacional e ratificada pelo presidente Arthur Bernardes no decreto 4.867, de 5 de novembro de 1924. Ele diz: “fica instituído o dia 12 de outubro para ter lugar, em todo o território nacional, a festa da criança”. A ideia surgiu depois de um congresso celebrado um ano antes, em que se discutiu os direitos dos meninos e meninas da América Latina.

Para além dos presentes e dos passeios, o dia também serve de balanço para se avaliar como as políticas voltadas às crianças estão se desenvolvendo no país. O Brasil enfrenta ainda desafios importantes na área, como o aumento na taxa de homicídios de crianças e adolescentes, segundo o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

Curiosamente, a data no Brasil só passou a ser comemorada em 1960. Foi quando a Fábrica de Brinquedos Estrela fez uma promoção conjunta com a Johnson & Johnson para aumentar suas vendas.

O dia no país acontece em uma data diferente da oficial internacional. A ONU reconhece o dia 20 de novembro como o Dia Mundial da Criança, pois nesta data foi aprovada a Declaração Universal dos Direitos da Criança, em 1959. A ideia de se dedicar um dia internacional às crianças também serve para se fazer uma chamada sobre as necessidades dos pequenos e reconhecer o trabalho das pessoas que atuam todos os dias para que as crianças tenham um futuro melhor.


Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA