09/11/2016 – Donald Trump é eleito presidente dos EUA

Imagem: Lev Radin/Shutterstock.com

Após uma disputa eleitoral com a democrata com Hillary Clinton, o republicano Donald Trump conquistou a maioria dos votos na corrida presidencial dos Estados Unidos e será o 45º presidente do país, segundo projeção da agência Associated Press (AP). A vitória de Trump chega para contrariar expectativas e previsões após quase dois anos de uma campanha política, marcada por ofensas e ataques pessoais.

A maioria dos votos de Tump foi confirmada quando entrou o número de delegados do estado de Wisconsin, segundo a AP. O candidato republicado alcançou 276 delegados, ultrapassando o limite de 270 necessários para ser o vencedor no Colégio Eleitoral. De acordo com a imprensa dos EUA, após isso, Hillary ligou para o rival, admitindo sua derrota. Entre os estados considerados decisivos para o resultado, está a vitória de Trump na Flórida.

Ao falar aos seus simpatizantes, Trump, de 70 anos, defendeu a união do país e disse que será presidente para “todos os americanos”. O republicano possui uma fortuna estimada em US$ 4,5 bilhões pela Forbes.


09/11/1989 – Queda do muro de Berlin

Imagem: NOIR at the GERMAN LANGUAGE WIKIPEDIA [GFDL or CC-BY-SA-3.0], VIA WIKIMEDIA COMMONS
Continua após a publicidade

No dia 9 de novembro de 1989, após semanas de distúrbios civis e em meio a uma onda revolucionária no Leste Europeu, o governo da Alemanha Oriental anunciou que todos os seus habitantes poderiam visitar a Alemanha Ocidental e Berlim Ocidental. Com a decisão, milhares de alemães orientais atravessaram o muro que dividia a capital alemã, juntando-se aos alemães ocidentais do outro lado. Nos dias seguintes, partes do muro foram destruídas e, mais tarde, máquinas removeram quase toda estrutura. A queda do muro de Berlim deu o passo inicial para a reunificação alemã, formalmente assinada em 3 de outubro de 1990. O muro de Berlim foi construído em agosto de 1961 pela República Democrática Alemã (Alemanha Oriental), durante a Guerra Fria, e circundava toda a Berlim Ocidental, separando-a da Alemanha Oriental, incluindo Berlim Oriental. O muro, além de impedir a emigração, também servia como divisor político. De um lado, estava a capitalista República Federal da Alemanha (RFA) e, do outro, os soviéticos da República Democrática Alemã (RDA). O muro tinha 66,5 quilômetro de gradeamento metálico, 302 torres de observação, 127 redes metálicas electrificadas com alarme e 255 pistas de corrida para cães. O número exato de pessoas que morreram na tentativa de passar o muro nunca foi confirmado.

09/11/1964 – Morria Cecília Meireles

No dia 9 de novembro de 1964, morria no Rio de Janeiro, a poetisa, pintora, professora e jornalista Cecília Benevides de Carvalho Meireles. Nascida no dia 7 de novembro de 1901, cedo, aos 18 anos, publicou seu primeiro livro de poesias, chamado Espectro. Embora tivesse a influência do Modernismo, sua obras apresentavam traços de outros movimentos como o Simbolismo, Romantismo, Realismo e Surrealismo. Em 1922, se casou com o artista plástico português Fernando Correia Dias, com quem teve três filhas. Em 1935, seu marido cometeu suicídio, vítima de depressão. Ela voltou a se casar cinco anos depois, com o professor e engenheiro agrônomo Heitor Vinícius da Silveira Grilo. Como jornalista, Cecília Meireles publicou textos sobre educação e, em 1934, montou a primeira biblioteca infantil do Brasil. Ela também se destacou na poesia e literatura infantil com textos como Leilão de Jardim, O Cavalinho Branco, Colar de Carolina, O mosquito escreve, Sonhos da menina, O menino azul e A pombinha da mata. Em 1939, publicou Viagem, livro que recebeu o Prêmio de Poesia da Academia Brasileira de Letras. Católica, também escreveu textos em homenagem a santos.

09/11/1919 – Nascia o que seria o Gato Félix

No dia 9 de novembro de 1919, Mestre Tom (Master Tom), um protótipo do que viria a ser o Gato Félix, fazia a sua estreia em um curta animado da Paramount Pictures intitulado “Feline Follies”. Produzido pelo estúdio de animação com sede em Nova Iorque e de propriedade de Pat Sullivan, a tirinha foi dirigida pelo cartunista e animador Otto Messmer. O desenho foi um sucesso, e o estúdio Sullivan rapidamente começou a trabalhar na produção de outro filme do então Mestre Tom, chamado “The Mews musicais” (lançado em 16 de novembro de 1919), que também conquistou a audiência. A partir daí, brinquedos, cartões-postais e demais caricaturas do desenho ganharam grande popularidade.

Obra do cinema mudo, o Gato Félix sentiu o impacto da chegada do som às animações, especialmente com personagens da Disney como o Mickey Mouse. Sentindo a mudança dos tempos, o desenho pareceu ultrapassado e começou a desaparecer. Algumas tentativas ocorreram com objetivo de atualizar o Gato Félix à era do áudio, mas sem grandes resultados.

Apenas em 1953 o desenho experimentou uma reviravolta com a exibição de animações do personagem na televisão norte-americana. Joe Oriolo introduziu um Gato Félix redesenhado, com pernas mais longas, novos personagens, além de uma bolsa com truques mágicos, que poderia assumir uma infinita variedade de formas a mando de Félix. Desde então, os anos de glamour de Félix retornaram e ele é considerado um dos grandes personagens animados de todos os tempos. Em 2014, seus direitos foram adquiridos pela DreamWorks Animation.

 

 


Comments are closed.