Após o Corpo de Bombeiros ser acionado para conter um incêndio em um veículo na zona rural de Juiz de Fora, na Zona da Mata, três corpos acabaram sendo descobertos no interior do carro, na tarde de quinta-feira (16).

Conforme a Polícia Militar (PM), a corporação foi acionada por volta das 14h30 para ir na região conhecida como Granjeamento Joazal. Durante o rescaldo do incêndio, os militares dos bombeiros descobriram no porta-malas do veículo as três vítimas não identificadas, do sexo masculino, que estavam completamente carbonizadas.

O veículo foi identificado como sendo uma SUV da marca Mitsubishi. Testemunhas relataram para a PM que entre 12h e 13h um veículo de cor prata foi visto passando em alta velocidade pela rua. Ainda de acordo com a polícia, a região é uma granja abandonada que pertence a um indivíduo conhecido como Marcelo Bozó, que encontra-se preso. A região já foi usada para diversos delitos, como transações de veículos roubados.

Continua após a publicidade

As testemunhas relataram ainda que um veículo VW Fox de cor preta estacionou no mesmo horário às margens da estrada União Indústria, ponto próximo a um local onde há uma trilha que dá acesso ao local do incêndio. Duas pessoas foram vistas perto desta trilha.

A PM foi até o caminho onde os suspeitos foram vistos e encontraram caixas de fósforos quebradas, com vários palitos intactos. Também foram localizadas algumas pegadas e matos amassados  na trilha, indicando que alguém havia passado por ali recentemente.

 

Corpos ficaram colados ao veículo

Segundo a PM, os bombeiros tiveram dificuldade para remover os três corpos, uma vez que eles ficaram colados ao veículo devido ao incêndio.

Foi possível identificar o número do chassi do veículo, descobrindo que tratava-se de um veículo clonado. O caso será investigado pela Polícia Civil.


Comments are closed.