A tabela da Superliga Feminina reservou, para o fim do primeiro turno, os jogos mais difíceis para o Dentil-Praia Clube. No meio deles, contudo, estava um “alívio”, contra o lanterna Sesi-SP. Pois a oportunidade contra um adversário mais fraco foi bem aproveitada pelas líderes invictas, na tarde desta sexta-feira (17), no ginásio do Sesi em Santo André (SP).

De fato, para vencer o Sesi, não foi necessária uma grande atuação das comandadas de Paulo Coco. Elas apenas impuseram em quadra a qualidade superior que possuem. Acuado pelo forte ritmo de jogo acelerado mineiro, as paulistas fizeram uma apresentação pífia e foram facilmente superadas pelo placar de 3 sets a 0. A  ponteira Fernanda Garay foi eleita a melhor em quadra e ficou com o troféu Viva Vôlei.

A primeira etapa evidenciou duas características latentes dos times. De um lado, o Praia abusava da estatura mais alta de suas atletas para amortecer bem as bolas no bloqueio. Do outro, o Sesi desperdiçava as chances dadas de contra-ataque, dando às mineiras mais tranquilidade para abrir o jogo fazendo 25 a 17.

Continua após a publicidade

No segundo set, o Praia mostrou porque é líder, e o Sesi-SP provou que está merecidamente na lanterna. Sem nenhuma dificuldade, o time do Triângulo fez incríveis 25 a 10. Na terceira etapa, mais do mesmo: 25 a 11. Mesmo com Sesi alterado em quadra, o Praia não diminuiu o ritmo. Segue o líder!

Pedreiras. Agora, resta a apenas três times tentarem frear a irretocável campanha do Praia ainda no primeiro turno desta Superliga Feminina: Vôlei Nestlé-SP, Hinode-Barueri-SP, e Sesc-RJ. O primeiro destes três grandes embates acontece no próximo sexta-feira (24), às 21h30, no ginásio do Praia, em Uberlândia.

Já o Sesi vai tentar a primeira vitória contra o aplicado time do Pinheiros, às 19h do mesmo dia, no Henrique Villaboin, em São Paulo.


Comments are closed.