O deputado estadual por Minas Gerais, Felipe Attiê (PTB/MG), passou por uma situação embaraçosa na sessão da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da ALMG (Assembleia Legislativa de Minas Gerais), realizada no dia 08 de novembro.

A sessão debatia propostas de lei, quando o presidente da comissão, deputado Leonídio Bouças (PMDB), anunciou o PL 3.697/2016, que institui o Dia Estadual do Coach.

Continua após a publicidade

Ao ouvir o nome do projeto, Attiê brincou:

“[Dia] Do coach? Esses deputados… É brincadeira! Não têm jeito”, declarou, em meio a risadas.

Para a surpresa do deputado, o autor do projeto foi lido logo em seguida: ‘Autor – Deputado Felipe Attiê’.

O deputado engasgou e reagiu surpreso.

De início, o deputado disse que o vídeo é uma montagem, mas mudou a versão e assumiu a autoria do projeto, mas disse que pediu o arquivamento do mesmo em 2016, por isso a surpresa ao ouvir que era sua a autoria do projeto. “O deputado pediu o engavetamento desse projeto de lei em questão em 2016, mas por um erro dele e da assessoria, a proposição continuou tramitando à revelia do gabinete. Quando o parlamentar viu a matéria em votação na Comissão de Constituição e Justiça, ficou surpreso e criticou o projeto para criação da data comemorativa”, explicou.


Comments are closed.