Objetivo da Secretaria de Saúde é, além de eliminar locais onde o Aedes aegypti prolifera, chamar a sociedade para entrar na luta contra o mosquito / foto: Ascom

Com a chegada do período chuvoso e o calor do verão, mesmo ainda estando na primavera, Capinópolis entrou definitivamente na luta contra o mosquito da dengue, realizando na sexta-feira, dia 17, um mutirão de limpeza nas imediações dos córregos do Capim e Mangues, nos bairros Ideal, parte primitiva da cidade, São João, Liberdade e Novo Horizonte.

“Nós realizamos um trabalho completo, retirando uma grande quantidade de entulhos (garrafas, pneus velhos, latas vazias, copos plástico e etc…) que poderiam acumular água da chuva e se transformar em focos do mosquito da dengue e, ao mesmo tempo, chamando atenção de todos os moradores dessas imediações para que não joguem mais lixo na beira dos córregos”, disse o coordenador de PSFs, Celismar Vieira.

Na segunda-feira, começou o mutirão contra a dengue pelos bairros São João, Florêncio 1, 2 e 3, Liberdade e Buritis.

Continua após a publicidade

“Na sexta-feira, no final da tarde, já realizamos o mutirão de limpeza no Bairro Novo Horizonte”, disse a coordenadora de epidemiologia, Laíse Suriane.

Ontem, às 15h, o Comitê de Enfrentamento da Dengue se reuniu na Câmara Municipal para avaliar as primeiras ações e discutir os novos passos para que o mutirão seja realmente eficaz e a cidade de Capinópolis fique livre da dengue, a Chikungunya e do Zika Vírus.

“Nós estamos fazendo a nossa parte, vamos de casa em casa, a todas as casas da cidade, mas de pouco adianta o nosso trabalho se a comunidade não participar, não aderir à campanha, pois todos nós sabemos os malefícios que essas doenças provocam na vida das pessoas e até, em 2014, com casos de óbitos em Capinópolis”, disse a secretária de saúde, Sandra Barbosa.


Comments are closed.