Unidade Mista promove ações do “Novembro Azul”

Os cuidados com a saúde do homem, tema da campanha do Ministério da Saúde, denominado de “Novembro Azul”, ganhou destaque e atenção essa semana, por equipe de servidores e funcionários da Unidade Mista de Saúde I, Carlos Modesto dos Santos, no bairro Elândia.

Durante os dias 21 a 29 de novembro, haverá na Unidade Mista, o atendimento com palestras, informações, medicação de glicose, aferição de pressão e consultas para homens com idade acima de 50 anos. No local, durante os dias normais, são feitas as consultas sob marcação, com os urologistas: André Antunes Bertelli, Leonardo Tibúrcio, Mauro Rezende Filho.

Segundo Viviane de O. Tostes Cançado, a UMS I, sob orientação da Secretaria de Saúde, da Prefeitura de Ituiutaba o foco para a semana do “Novembro Azul” é levar o máximo de esclarecimentos e conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata.

Continua após a publicidade

“Quem não puder vir durante essa semana, poderá fazer o agendamento normal para ser atendido e consultado, contudo, estamos redobrando a atenção, buscando nestes dias aumentar o número de atendimento em virtude da campanha nacional, que não é somente o câncer de próstata, mas outras doenças que podem atingir a saúde do homem”, destaca Viviane.

A campanha Novembro Azul surgiu em 2003, na Austrália. No Brasil chegou por meio do Instituto Lado a Lado pela Vida e juntamente com a Sociedade Brasileira de Urologia. Além de conscientizar a respeito do diagnóstico precoce do câncer de próstata e outras doenças comuns em homens, o Novembro Azul também veio com a ideia quebrar o preconceito que muitos homens têm em relação ao exame de toque.

PESSOAS OSTOMIZADAS

Ainda na Unidade Mista de Saúde I, ocorreu na quarta-feira, 22 o 2º encontro da pessoa ostomizada, em comemoração ao dia do ostomizado, todo 16/11. O médico e coloproctologista, Marivar Alves de Souza participou das comemorações, e ainda palestrou, levando orientações atualizadas. Esteve participando também com palestra, a nutricionista Camila Catuta.

Pessoa ostomizada é aquela que precisou passar por uma intervenção cirúrgica para fazer no corpo uma abertura ou caminho alternativo de comunicação com o meio exterior, para a saída de fezes ou urina, assim como auxiliar na respiração ou na alimentação. Essa abertura chama-se estoma.


Comments are closed.