Quando os policiais chegaram na noite de sábado (25) na praça do Divino, no bairro Jardim Laguna, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, eles encontraram uma multidão em volta de um homem de 30 anos que havia sido baleado. A vítima ainda respirava e foi socorrida, porém, os presentes não quiseram passar para a Polícia Militar (PM) nenhum detalhe sobre o crime, que continua um mistério.

Conforme a corporação, era por volta das 21h40 quando Gabriel Tadeu de Paula Félix foi baleado na rua João Gomes Cardoso. O local é um dos principais pontos do bairro, ficando sempre bastante movimentado. 

A vítima foi levada imediatamente para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) Ressaca, onde chegou a ser atendido, mas acabou não resistindo e morreu. Os policiais aproveitaram o grande número de pessoas presentes no local do crime para tentar obter informações sobre os autores, porém, todos responderam apenas que não conheciam o homem baleado e que não presenciaram a hora do atentado. 

Continua após a publicidade

 Após a morte do homem, a PM tentou contato com familiares, porém, ninguém foi localizado. O corpo de Félix ficou aos cuidados da UPA até a chegada do rabecão, que o removeu para o Instituto Médico-Legal (IML) da capital mineira. 

O caso será investigado pela 7ª Delegacia Especializada em Homicídios de Contagem.


Comments are closed.