Jovem é executado a tiros na porta de casa, em Betim

Quando estava na porta de sua casa, no bairro Marimbá, em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, um rapaz de 22 anos acabou surpreendido por uma dupla armada e foi assassinado com pelo menos seis tiros na noite de terça-feira (28). 

A Polícia Militar (PM) foi acionada na rua Pouso Alto por volta das 20h, onde encontraram Júnio Henrique Ramos Ferreira caído já sem sinais vitais. Uma testemunha relatou que o jovem saiu correndo ao ver que sofreria um atentado, porém, acabou atingido pelos tiros mesmo assim. 

A dupla, que não foi identificada, evadiu por um lote vago próximo ao local do crime. A PM fez o isolamento do local e localizou, junto ao corpo da vítima, uma garrucha calibre 38. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e confirmou que o rapaz já estava em óbito. 

A perícia da Polícia Civil (PC) recolheu 11 cápsulas deflagradas de calibre .380 e também constatou que a garrucha, que provavelmente estava com a vítima, tinha duas munições picotadas, o que indica que o rapaz tentou reagir ao atentado mas a arma falhou. 

Dos seis tiros que atingiram a vítima, sendo três na cabeça, dois na virilha e um ombro. O celular de Ferreira também foi apreendido para passar por perícia. O corpo foi removido ao Instituto Médico-Legal (IML) e o crime será investigado pela Delegacia de Homicídios. 

Empresa de jogos eletrônicos anuncia Tamagotchi em versão para celular

Governo garante que a Risoleta Neves não será fechada